Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Noivas russas afundaram a Marinha dos EUA

25.04.2008
 
Noivas russas afundaram a Marinha dos EUA

Na Marinha dos Estados Unidos se desenvolve um escândalo grandioso. Dezenas de marinheiros norte-americanos e suas esposas, em maioria , imigrantes ilegais da Rússia e Ucrânia, haviam sido detidos por suspeito da fraude colossal que prejudicou a capacidade combativa da Marinha , além de causar-lhe um dano econômico por valor mínimo de 250 mil dólares.

A investigação do caso realizou -se ao longo de 2 anos e a geografia de detenções abrangiu oito Estados. As autoridades acreditam que as jovens da Europa Oriental casavam com os marinheiros pelo interesse, e que esta operação ilegal beneficiava ambas partes.

O negócio matrimonial foi organizado por uma agência clandestina montada por um veterano da Marinha, Michael L. Wolfe, e sua mulher de origem russa, Natalia Lukina. Wolfe buscava os noivos potenciais, enquanto Lukina lhes propunha as mulheres.

Os marinheiros depois de ter pagado à agência a soma de entre 1 a 6 mil dólares por parceira russa ou ucraniana receberam logo da Marinha um subsidio de US$40.000 para a moradia. Quanto às mulheres , obtiveram um acesso à naturalização mais rápida e simples. Segundo os dados preliminares revelados pela imprensa norte-americana, pelo menos sete dos elementos detidos cumpriam o serviço nos navios de desembarco Iwo Jima e Wasp.

Mais de metade dos detenções tiveram lugar na base naval de Hampton Roads. Requer tempo para preparar o pessoal a substituir os marinheiros detidos, que reverte em prejuízo da capacidade combativa da Marinha. Além disso, os serviços secretos dos EUA investigam a possibilidade de alguns mulheres ter recebido informações militares, que poderia implicar um perigo para a segurança nacional.

 Por Lyuba Lulko 


Loading. Please wait...

Fotos popular