Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Mulher esfaqueou o delegado irritada pelo aumento de salários para parlementares

19.12.2006
 
Mulher esfaqueou o delegado irritada pelo aumento de salários para parlementares

Por volta das 10h de ontem, a pencionista  Rita de Cássia Sampaio de Souza, chegou à rua onde fica o escritório do deputado federal Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL) . Ela  aguardou  sua saida  e o atingiu com  uma peixeira de 40 centímetros . O acidente aconteceu  em uma das mais movimentadas ruas da Pituba (bairro de classe alta), em Salvador(BA).

"Ela chegou por trás de mim e golpeou o deputado. Depois, armou um novo golpe, mas consegui imobilizá-la, com a ajuda de outras pessoas que estavam no local", disse o assessor do delegado que o acompanhou.

ACM Neto foi atingido nas costas, quando já estava sentado em seu carro. Socorrido por assessores, o deputado foi internado no Hospital da Bahia. De acordo com médicos, o neto do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL) levou três pontos, mas não teve nenhum órgão vital atingido. Ele receberia alta ainda na noite de ontem.

Presa em flagrante, Rita de Cássia disse que há um ano esteve no escritório de ACM Neto pedindo ajuda para a liberação de parte do seu FGTS que estaria retido em uma empresa prestadora de serviços para a Prefeitura de Ipiaú (353 km de Salvador).

"O deputado não fez nada para liberar o meu dinheiro, mas apóia o aumento para os parlamentares, esta vergonha em um país de tantas vergonhas", disse a pensionista, antes de ser levada para o Presídio Feminino de Salvador.

O delegado Wilson Gomes, que autuou a acusada por tentativa de homicídio, disse que Rita de Cássia apresentou "desequilíbrio emocional" em seu depoimento. "Mas quando ela falou sobre o aumento dos deputados apresentou muita convicção e segurança."

Segundo o delegado, a agressora parecia estar emocionalmente alterada durante o interrogatório, mas que serão necessários exames psiquiátricos para determinar se ela tem algum distúrbio mental. Ainda de acordo com ele, a Rita de Cássia será encaminhada à Casa de Detenção Feminina de Salvador.

 Na semana passada, a Câmara aprovou um reajuste de 91% para os deputados. Eles vão receber R$ 24.500 por mês


Loading. Please wait...

Fotos popular