Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Contra a homofobia

18.11.2010
 

Governo do Estado do Rio presta assistência à vítima de homofobia no Arpoador e pede que vítimas denunciem violência contra LGBT

O estudante Douglas Marques, baleado no dia 15 de novembro no Parque Garota de Ipanema (Arpoador) após participar da 15ª Parada do Orgulho LGBT-Rio, está recebendo suporte do Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEAS/DH-RJ), através da Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos. Além de solidariedade, o órgão do Governo do Estado prestará apoio jurídico à família do rapaz, através do Centro de Referência de Promoção da Cidadania LGBT. O caso é investigado pelo delegado Fernando Veloso, da 14ª DP (Leblon).

O Superintendente Cláudio Nascimento - que na manhã de quinta-feira (18 de novembro) apresentou os serviços prestados pelo Estado e acompanhou o jovem ao Hospital Miguel Couto - faz um apelo às pessoas que presenciaram a violência no Arpoador e à população em geral: "As testemunhas têm seu sigilo e privacidade assegurados. Casos sem prova material dependem de testemunho. Calar-se contribui para que a impunidade vença a luta contra a homofobia ou qualquer outro tipo de violência. Compreendemos que muitos têm medo de se expor, mas é necessário um espírito de solidariedade de todos para que crimes como esse não continuem ocorrendo", explica.

A Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos (SuperDir) é a responsável pela execução do Programa Rio Sem Homofobia - conjunto de ações estratégicas visando a promoção da diversidade sexual e da cidadania LGBT dentro do Governo e entre a sociedade fluminense. Dentre os serviços oferecidos pela SuperDir, está o Centro de Referência de Promoção da Cidadania LGBT (um na cidade do Rio e outro em Nova Friburgo) - um espaço de acolhimento de vítimas de violência de natureza homofóbica, de orientação sobre direitos civis e de apoio psicológico e jurídico. Quem quiser esclarecer dúvidas, receber orientações ou mesmo denunciar, pode também entrar em contato com a SuperDir pelo serviço Disque Cidadania LGBT (0800 0234567).


Márcia Vilella | Diego Cotta (SuperDir)

Diego Cotta

Jornalista

www.target.inf.br

www.consciencia.net

MSN: diegocotta_ufrj@hotmail.com

GTalk: diegocotta@gmail.com

Twitter: @cotta_news

 


Loading. Please wait...

Fotos popular