Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Trinta pessoas da seita russa esperam o fim do mundo na caverna

16.11.2007
 
Trinta pessoas da seita russa esperam o fim do mundo na caverna

Trinta pessoas da seita russa  “ A Verdadeira Igreja Ortodoxa” montaram barricadas numa gruta, construída pelos eles mesmos onde aguardam o fim do mundo. Entre as 30 pessoas reunidas estão 4 crianças , uma delas de 18 meses. A temperatura na gruta é inferior a 12° C. O líder da seita “padre Pedro” ou Kuznetsov Piotr foi detido e passou por exames psiquiátricos na quinta-feira ( 15).

O grupo se recusa a sair da caverna e a libertar seus filhos, ameaçando cometer suicídio se a polícia intervier. A seita acredita que o fim do mundo acontecerá em maio de 2008.
Promotores anunciaram na quinta-feira que estão abrindo um processo contra o líder da seita que está sob supervisão de investigadores.

Kuznetsov , no momento da detenção,  rezava e lia o livro por ele mesmo escrito e intitulado “ Sete cabeças , dez cornos da Rússia”.

“ Nada percebem! Seja melhor de rezarem e lerem meu livro . Nelo está a formula do fim do mundo. As pessoas que agora estão na caverna , são os únicos que se salvarão”, manifestou Kuznetsov aos policiais.

 A seita proibe às crianças frequentar a escola , ver televisão , ouvir rádio e tomar o dinheiro. Actualmente a polícia tem várias variantes da retirada das pessoas da caverna . Uma variante prevê o uso de um gás do sono que deve ser lançado na gruta através do sistema da ventilação.

Um fenômeno muito perigoso está acontecendo na vida religiosa russa", afirmou um alto funcionário da Igreja Ortodoxa russa. "Pode mesmo se tratar de um caso médico. “, disse.

Clérigos, policiais e funcionários do ministério russo para Situações de Emergência estão do lado de fora da caverna.

 Por Lyuba Lulko


Loading. Please wait...

Fotos popular