Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Homens unidos no combate à violência contra a mulher

06.11.2008
 
Homens unidos no combate à violência contra a mulher

A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) colocou no ar, na última sexta-feira (31), o site www.homenspelofimdaviolencia.com.br , que faz parte da campanha nacional “Homens unidos pelo fim da violência contra as Mulheres”. Trata-se de uma ferramenta eletrônica de coleta de assinaturas. Pela primeira vez, uma campanha mundial e nacional relativa à violência de gênero tem o foco nos homens. A justificativa para isso é que a violência contra a mulher é um fenômeno que atinge toda a sociedade.

A iniciativa é uma resposta do Estado brasileiro à convocação do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que lançou a campanha mundial “Unite to End Violence Against Women”, em fevereiro deste ano, para mobilizar líderes nacionais pelo fim da violência contra as mulheres.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), de 2005, revelam que a violência contra a mulher é responsável por índices expressivos de absenteísmo ao trabalho, pelo crescimento da Aids entre a população feminina e pelo baixo aproveitamento escolar de crianças que a presenciam. Para a ministra da SPM, Nilcéa Freire, o enfrentamento da violência só será possível com a participação de toda a sociedade, inclusive dos homens.

O objetivo da campanha nacional é a mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres no País. Participam dela, líderes de todos os setores da sociedade brasileira como o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, os presidentes do Supremo Tribunal de Justiça, Gilmar Mendes, do Congresso Nacional, Garibaldi Alves, e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, o ex-jogador da seleção brasileira de futebol Raí, entre outros.

Ao aderirem à campanha, por meio da coleta assinaturas, os homens se comprometem publicamente a contribuir pela implementação integral da Lei Maria da Penha (11.340/06) e pela efetivação de políticas públicas que visam o fim da violência contra as mulheres. As assinaturas serão incorporadas à ação mundial. Essa campanha conta com a parceria do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem), do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), do Instituto Papai, do Instituto Promundo e da Agende - Ações em Gênero e Cidadania.
Campanha mundial - A campanha “Unite to End Violence Against Women” tem como meta mobilizar a opinião pública e os órgãos de decisão em nível mundial para o enfrentamento da violência contra a mulher. Ela dura até 2015 e coincide com a execução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Sua atuação é em três frentes: na promoção de ações em nível global, na priorização de programas em prol das mulheres dentro das Nações Unidas e no estímulo de colaborações com governos e entidades nacionais.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República


Loading. Please wait...

Fotos popular