Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Tragédia na Louisiana: Carteiro levou a correspondência e morreu

05.10.2007
 
Tragédia na Louisiana: Carteiro levou a correspondência e morreu

A polícia local da cidade de Alexandria, na Louisiana (EUA) matou a tiro um assaltante  que feriu cinco pessoas, tomadas como reféns, em um escritório de advogados , das quais duas logo morreram.

O agressor é John Ashley, de 63 anos, um ex-empregado do Governo municipal da cidade que aparentemente sofreu de depressão há alguns anos e a doença  agravou depois da sua filha morrer há dois anos, segundo disse sua mulher, Evelyn Ashley, ao jornal "The Town Talk".

Dois dos feridos escaparam por seus próprios meios do escritório Giordano & Giordano, enquanto a Polícia recuperou uma terceira pessoa.

 Os outros dois feridos continuavam  dentro do edifício. A Polícia lançou várias vezes gás lacrimogêneo para forçar Ashley a sair, inclusive utilizou um robô operado a controle de remoto, mas o homem respondeu com disparos e  permaneceu no edifício durante 10 horas.

Agentes especiais tentaram entrar duas vezes, mas cancelaram as ações diante dos tiros e por causa da presença dos dois feridos.

As vítimas são o funcionário da empresa,  Camille Giordano,  Marty Fields  , o carteiro da cidade que levou  a correspondência ao escritório e  recebeu um disparo no peito e  morreu e Andrea Price, que foi ferida na perna, segundo AP.

Os dois feridos que permanecem no edifício não foram identificados pelas autoridades.


Loading. Please wait...

Fotos popular