Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Assassino de Che colocou num leilão a mecha de cabelo dele

04.09.2007
 
Assassino de Che colocou num leilão a mecha de cabelo dele

Um ex-agente da CIA ( Agência da Inteligência dos EUA) colocou num leilão os objetos ligados a Ernesto Che Guevara. Entre os objetos são: a mecha de cabelo Che Guevara, suas impressões digitais, mensagens suas interceptadas na Bolívia e fotos inéditas de seus últimos momentos .

Gustavo Villoldo,71, participou na captura, fuzilamento e sepultamento de Che.

O preço do álbum de recordações de Che, colocado a venda pode chegar a US$ 20 milhões (R$ 39 milhões).

Os objetos poderão ser examinados pelos interessados no site www.ha.com, que receberá as ofertas nos dias 25 e 26 de outubro.

Che foi fuzilado no dia 9 de outubro de 1967 em uma escola rural na Bolívia e, no dia seguinte, seu corpo foi levado a Vallegrande, onde Villoldo atuava como assessor norte-americano do Exército boliviano.

Villoldo é um ex-veterano da invasão da Baia dos Porcos e se identifica como um dos oficiais responsáveis pelo desaparecimento do corpo do ex-guerrilheiro, após a exibição ao mundo que comprovou sua morte.

Um dos objetivos de Villoldo também foi evitar que a inteligência de Cuba identificasse o corpo com facilidade.

As impressões digitais que aparecem no álbum foram extraídas antes que as mãos de Che fossem mutiladas, com o intuito de evitar sua identificação.


Loading. Please wait...

Fotos popular