Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

A ONU tem que mudar, afirma presidente o Evo Morales

02.10.2012
 
A ONU tem que mudar, afirma presidente o Evo Morales. 17337.jpeg

Nações Unidas, (Prensa Latina) O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou que as mudanças a nível internacional solicitadas pelo secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, devem começar pela própria organização mundial. E devem conduzir a que a ONU cumpra com os acordos que ela mesma adota, como no caso da demanda reiterada durante 20 anos consecutivos para o levantamento do bloqueio dos Estados Unidos contra Cuba, sublinhou.

Em entrevista com a Prensa Latina em Nova Iorque, o presidente boliviano disse que a ONU não pode continuar sem aplicar as decisões que adota nem ser cúmplice de "um Conselho de Insegurança nem de intervencionismos e unilateralismos".

Aqui há 99 por cento de países que recusa o bloqueio norte-americano contra Cuba e a ONU não aplica esse acordo devido às imposições dos Estados Unidos, assegurou o chefe de Estado boliviano.

Numa conversa com a Prensa Latina durante o debate presidencial iniciado ontem no organismo mundial, Morales perguntou-se "diante dessa situação para que serve as Nações Unidas?"

Todos os Estados membros têm os mesmos direitos e por isso têm que ser cumpridos os acordos atingidos, insistiu, ao pôr o exemplo da América Latina e de resoluções adotadas mas não executadas.

Nesse sentido, mencionou os casos das Ilhas Malvinas, ocupadas pelo Reino Unido e reivindicadas pela Argentina, o direito da Bolívia a contar com uma saída ao mar e o bloqueio contra Cuba.

E acrescentou o problema das bases militares estrangeiras em território latino-americano como outro dos assuntos que a ONU deveria considerar por constituir um exemplo de intervencionismo sob o pretexto da luta contra o narcotráfico e o terrorismo.

Sustentou que o conceito de economia Verde impulsionado pela máxima direção da ONU é um disfarce do capitalismo voraz para garantir o controle absoluto dos recursos naturais do planeta.

Está claro: os países subdesenvolvidos têm que desmatar suas florestas, enquanto os industrializados cuidam das suas e, além disso, é preciso ainda pagar-lhes para que prosperem, explicou.

"Querem ter o controle absoluto, ainda por cima temos que cuidar do que eles destroçam", insistiu.

 

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=164f4bfe061c94c60871d700d953f2f5&cod=10334


Loading. Please wait...

Fotos popular