Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Homem enforcado 86 ano atrás por estuprar e assassinar uma menina é perdoado

02.06.2008
 
Homem enforcado 86 ano atrás por estuprar e assassinar uma menina é perdoado

Um governador australiano deu indulto póstumo na terça-feira a um homem enforcado 86 anos atrás por estuprar e assassinar uma menina, depois de nova investigação que desacreditou os elementos de prova utilizadas para a sua condenação.

Colin Campbell Ross, que foi enforcado em 1922 com a idade de 28, foi perdoado pelo estado Victoria Gov. David de Kretser.

Ministério Público alegava que Ross, que era dono do negócio de vinho em Melbourne, deu Tirschke álcool antes de lhe violar e estrangular no ano novo de 1921. A única evidencia física como prova que lhe ligava ao crime era os cabelos no seu cobertor; procuradores disseram que os cabelos eram de Tirtschke.

Embora testemunhas deram álibis para Ross, ele foi condenado e enforcado quatro meses mais tarde, protestando sua inocência.

O indulto petição sobre a investigação por Kevin Morgan, que escreveu um livro sobre o chamado caso "Gun Alley (assassinato, mentiras e falhas na Justiça)." Morgan provou que os cabelos encontrados no cobertor não eram de Tirtschke. Ele também deu novas provas sobre as principais testemunhas da acusação.

Pravda.Ru

Dério Nunes


Loading. Please wait...

Fotos popular