Pravda.ru

Sociedade » Curiosidades

Adolescentes procuram apoio nos sites suicidas

28.04.2008
 
Pages: 12
Adolescentes procuram apoio nos sites suicidas

Na Rússia adolescentes entre 15 e 20 anos se suicidam por mês. Estranho, alguns deles fazem isto secretamente. Na Rússia há centenas de sites que ajudam você alegremente a suicidar-se. À primeira vista, parece ser apenas uma pessoa num jogo estúpido: mais de mil adolescentes entre 11 e 25 anos discutindo horas, vários meios de como suicidar-se. Isto, contudo, não é um jogo: todas essas pessoas estão mortas. Esses adolescentes, não só lhe aconselhariam como morrer, assim como o modo mais sofisticado e agradável de como sair da vida.

Isto é o lugar inadequado de procurar apoio ou ajuda psicológica. Nesse chat há centenas de perguntas sobre o melhor modo de morrer. Se você clicar em uma delas, por exemplo, você verá que entre 58 respostas à pergunta de “Como morrer de sem dor” só 3 pessoas se interessaram por que a pessoa de fato quer morrer. O resto ao mesmo tempo oferece inúmeros modos de morrer. As primeiras respostas são idênticas, por exemplo como: cortar as veias, pular do arranha-céu, ou afogar-se. Agora conheça realmente uma parte dos conselhos mais horríveis. Dois deles são extremamente chocantes, porque eles (como aconselhadores) já os testaram e estão mortos, portanto o teste foi bem-sucedido.

O primeiro concelho lhe propõe tomar 15 gramas de um comprimido que fará o seu corpo morrer em 10-12 horas. Contudo, a própria morte física acontecera, só depois de 1-2 semanas, durante os quais nenhuma ajuda médica terá efeito. O dano é drástico, pior do que qualquer filme de horror do Hollywood: profunda hepatite tóxica, fracasso do rim, hemorragia interna. Antes de atingir o dano fatal, o estrago colateral é relativamente pequeno: náusea e vómito. Outro conselho é a injecção interna, depois do qual será difícil distinguir o suicídio da morte natural. Tais conselhos foram postas no chat por um jovem de 19 anos. Outra mensagem foi escrita por um rapaz de 23 anos, que dizia o seguinte: enfiar-se por baixo dum carro ou se de um trem. E nenhuma vez, ninguém culpou o rapaz por estar errado.

De fato, nesse chat ninguém o condenará ou lhe considerara louco. Todos os membros do chat estão ali por uma causa – morrer, mas o modo como eles reagem é bastante estranho. Alguns membros do Clube de Suicídio esforçam muito para entender o seu problema, tentando convence-lo ou persuadi-lo de continuar a vida. Os outros, lhe dirão ao contrário, para se suicidar o mais rápido possível e até oferecerão ajuda. Há uma história trágica sobre um menino que fora membro do chat durante muitos meses.

Lá ele tentou encontrar apoio dos seus colegas. Ele não queria morrer – ele se sentia stressado com o seu casamento e precisava de um concelho que o ajudasse. Ele esperava que alguém o desconvencesse de se suicidar. E ninguém se importava de o ajudar. Em vez de o animarem, aconselharam-lhe suicidar-se. É o que o adolescente fez. Na sua última conversa no chat - ele perguntou: “O que você pensa sobre a minha situação?” foi o último pedido de ajuda, ao qual ninguém viu. O menino morreu, embora a atenção dos seus colegas poderia salvar a vida dele. Os membros do chat são também pessoas que desistiram da tentativa de suicídio. Eles agora estão no chat por outro motivo – eles tentam dissuadir os seus companheiros de se suicidarem. Eles contam aos outros a experiência desagradável deles e fazem todos entenderem que não irão viver melhor no outro mundo.

O que leva os jovens a esse ponto de quererem morrer? A psicologia tem 4 explicações fundamentais:

1. Problemas familiares: mais de metade dos suicídios se resultaram de desentendimento entre os pais e filhos. Os adultos estão muitas vezes tão ocupados com a sua própria vida que não notam, que a sua criança esta enfrentando um problema sério. A psicologia chama a seguinte atenção: a criança deve ser tratada como uma personalidade desde a sua infância. É errado fazer a criança viver somente segundo os desejos e regras dos adultos. Os pais devem mostrar que não são inimigos, mas amigos, que estão sempre ansiosos para ajudarem-na.

Mesmo que a sua criança cometer um erro grave, não se precipite em lhe dar uma punição severo. Em primeiro lugar, tenta entender a razão por que a sua criança comportou de tal forma. Talvez, ele tem um problema sério que ele esconde dentro de si. Tenta envolver-se. Mesmo se a criança não apreciar a sua preocupação, ele saberá pelo menos que tem alguém a quem pedir conselho.

2. A segunda razão principal é o desentendendo entre os companheiros. Infelizmente, mesmo no século 21, muitos adolescentes estão sendo ameaçados na escola e chamados de nomes. Não é novidade que os adolescentes podem ser muito cruéis e ignorantes. Repito, cabe os pais decidirem ensinar ou não a compaixão, ou dar apoio aos seus filhos.

3. O amor não correspondido é a causa-chave do suicídio entre as meninas. Muitas vezes parece que a vida sem alguém é triste e sem sentido. Em princípio as meninas são mais sensíveis do que os rapazes. Às vezes em tais situações, só um amigo poderia ajudar, ou seja, lhe convencer que nenhum rapaz mereça a sua morte.

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular