Pravda.ru

Sociedade » Curiosidades

Projecto ‘Cidade e Cidadania em Portugal’ analisa influência da metrópole na participação política

25.08.2008
 
Projecto ‘Cidade e Cidadania em Portugal’ analisa influência da metrópole na participação política

Sociólogo Filipe Carreira da Silva lança site

Projecto ‘Cidade e Cidadania em Portugal’ analisa influência da metrópole na participação política

Como é que as diferentes raças, credos, tendências e formas de vida coabitam na área metropolitana de Lisboa? Em que medida é que as práticas de participação política são promovidas pela experiência de se viver e trabalhar em contextos urbanos? Será a criatividade uma via importante para o desenvolvimento económico da capital nacional? Os residentes em condomínios fechados participam menos activamente na política local do que os moradores dos bairros sociais?

Estas e outras questões relacionadas com o “efeito da cidade” no comportamento dos cidadãos são o tema do projecto de investigação em curso “Cidade e Cidadania em Portugal”, cujos resultados podem ir sendo consultados no site

http://www.ics.ul.pt/ccp/pages/pt/o-que-e-o-projecto-de-investigacao.php

à medida que forem sendo obtidos. O sociólogo Filipe Carreira da Silva – do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa – lidera a equipa de investigadores que colabora com a maior rede de investigação internacional na área da governação local - “Fiscal Austerity and Urban Innovation” – coordenada por Terry N. Clark, da Universidade de Chicago.

O projecto “Cidade e Cidadania em Portugal” iniciou-se com um amplo estudo sobre as perspectivas dos autarcas dos 18 concelhos e 207 freguesias da Área Metropolitana de Lisboa, o maior conjunto urbano do país. Na fase seguinte, será feita uma comparação com outros países europeus, nomeadamente Espanha. Em breve, será também realizada uma análise dos efeitos da segregação económica urbana sobre a participação cívica no Concelho de Cascais, comparando-se os valores políticos dos residentes em condomínios fechados, bairros de habitação social e população em geral. Os resultados da investigação serão conhecidos dentro de dois anos.

Factores que influenciam negativamente a administração municipal, as áreas que merecem prioridade na distribuição do orçamento do município (educação, segurança, meio ambiente, etc), a convivência com os meios de comunicação social, os actores e os grupos que mais exercem pressão, as estratégias fiscais adoptadas e o papel dos munícipes na gestão autárquica são algumas das questões que foram colocadas aos autarcas da Área Metropolitana de Lisboa.

O responsável pela equipa de “Cidade e Cidadania em Portugal”, Filipe Carreira da Silva é licenciado em Sociologia e doutorado pela Universidade de Cambridge. Realizou também estudos de pós-doutoramento nos Estados Unidos da América, nas Universidades de Harvard e Chicago. Especialista em teorias sociológicas, sociologia política urbana e estudos sobre cidadania, tem publicado diversos artigos e livros sobre teorias sociológicas clássicas e contemporâneas. Da equipa deste projecto, fazem ainda parte as investigadoras Mónica Brito Vieira (Universidade de Cambridge) e Susana Cabaço (ICS-UL).

Fonte: Imago


Loading. Please wait...

Fotos popular