Pravda.ru

Sociedade » Curiosidades

Africanos Chutam a 'Igreja' Universal

05.11.2019
 
Africanos Chutam a 'Igreja' Universal. 32046.jpeg

Africanos Chutam a Canalhada da 'Igreja' Universal

Enquanto no Brasil IURD e outras mafias evangélicas espalham discriminação, ódio, politicagem e dividem a sociedade, cidadãos revoltados em São Tomé e Príncipe depredam vários "templos" comandados pelo bilionário Edir Macedo

 

Edu Montesanti

 

Pessimamente vista pela ampla maioria das sociedades em todo o mundo onde se faz presente, a "Igreja" (pasmem!) Universal do Reino de Deus (IURD) está sendo literalmente chutada pelos valentes cidadãos de Sao Tomé e Príncipe.

 

A revolta pode resultar na expulsão da IURD da ex-colônia portuguesa insular a oeste da África, que possui cerca de 200 mil habitantes.

 

Acusado de ter enviado mensagens por aplicativos de conversas e por um perfil falso no Facebook em que denunciava abusos da igreja contra funcionários africanos, o pastor são-tomense da Universal, Ludumilo da Costa Veloso, foi preso na Costa do Marfim em 11 de setembro. 

 

Segundo a IURD, os textos continham "mentiras absurdas e calúnias", pelo que denunciou à polícia marfinense o pastor Veloso. Nas mensagens, este que se iniciou como pastor na IURD em seu país natal tendo sido transferido há 14 anos para a confraria da Costa do Marfim, acusava a grande colecionadora de acusações recebidas em todo o mundo de privilegiar pastores brasileiros, e discriminar clérigos africanos, entre outras denúncias. 

 

Circunstâncias estas que, aliás, coincidem bastante com o que se sabe da IURD, e com o caráter bem conhecido dos personagens que a comandam. A comecar pelo ex-funcionario de boteco até fundar a IURD, o auto-denominado bispo Edir Macedo, hoje um bilionário frequentador e forte influenciador dos círculos políticos tupiniquins.

 

Outras acusações de Veloso diziam que a Universal impede muitos pastores africanos de se casar, ou os obriga a fazer vasectomia para que não tenham filhos, de maneira que possam dedicar-se integralmente à "igreja". 

 

O acusador também denunciou que bispos e pastores brasileiros apropriam-se de dízimos recebidos pela "confraria", além de "humilhar, insultar, esmagar e escravizar os [pastores] africanos".

 

Tudo isso, igualmente, bastante familiar dos brasileiros quando se trata de IURD, e bem pouco até.

 

Em depoimento à polícia marfinense, Veloso admitiu a autoria das mensagens. A defesa do pastor diz que ele é inocente e foi induzido a assumir a responsabilidade na expectativa de ser solto.

No Brasil, a temivel gangue de Edir Macedo defende-se da vasta lista de acusações, que incluem inumeras evidencias de serem verdadeiras - lavagem de dinheiro, estelionato, sonegação fiscal, uso de dinheiro coletado para construir um patrimônio pessoal e comprar emissoras de televisão e rádio, e envolvimento com o dinheiro do narcotráfico colombiano. 

"Conheço todos os detalhes dessa negociação imoral [compra da TV Record] onde a politica e as religiões dos homens se misturam e acabaram dando todo esse poder que o Edir possui hoje. Poder financeiro e politico", disse em entrevista ao Blog do Vini Silva o ex-bispo Carlos Magno de Miranda, lider da IURD no Brasil anos atrás. "Finalmente, o pote encheu com a ida para a Colômbia, pegar dinheiro sujo de sangue do narcotráfico".

Neste ano, Edir Macedo que, segundo Miranda, assim como "Waldemiro, Silas Malafaia, R.R.Soares, Estevão Hernandes, Rodovalho e outros menos votados são todos da descendência da serpente, lobos vestidos de ovelhas, falsos mestres", acabou safando-se de processo na Justiça por denuncias de lavagem de dinheiro, envio remessas de dinheiro de forma ilegal ao exterior e por formação de quadrilha. Não porque o safado bispo tenha provado sua inocência: após oito anos, a ação prescreveu por "demora" na investigações.

Sempre que questionado sobre os crimes pelos que tem sido denunciado - embora os jornalistinhas tupiniquins, assim como o empresariado e o mundo político em geral, morrendo de medo do mafioso em nome de Deus chefe da IURD, nunca toquem neste tema indireta nem indiretamente -, o sujeito que possui estampada claramente no semblante a picaretagem se sai com "perseguição pela causa de Cristo". E se o pastor são-tomense disser o mesmo agora, contra máfia Universal? 

Cínicos como essa gente nunca mudam de posição, por um momento que seja para colocar-se no lugar do outro, olhar-se no espelho e notar o quanto é  evidente que não valem a merda que fazem. 

Seja como for, grande lição de São Tomé e Príncipe ao Brasil. Bota a canalhada para correr! 

Foto: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Temple-salomon-de-sao-paulo.jpg

 


Fotos popular