Pravda.ru

Sociedade » Cultura

O reino da mediocridade

30.07.2017
 
O reino da mediocridade. 27021.jpeg

Tristeza, não tem fim. Felicidade sim.

Lembra aquela música do Vinicius e do Tom Jobim?

"A felicidade do pobre parece grande ilusão do carnaval. A gente trabalha o ano inteiro por um momento de sonho pra fazer a fantasia, de rei ou de pirata ou jardineira pra tudo se acabar na quarta-feira.

Essa quarta-feira de cinzas parece não ter fim para nós brasileiros.

Nunca vivemos num país onde a mediocridade tomasse conta de tudo como agora, nem na época dos generais.

Naqueles tristes anos de chumbo, havia opressão, havia censura, pior, havia a tortura, mas havia resistência, havia luta, havia confronto.

Hoje, não.  O que existe é a calmaria, o desinteresse, o "deixa prá lá".

Como disse uma vez o Leonel Brizola, "vivemos a paz dos cemitérios".

Está tudo bem, está tudo tranqüilo.

Mesmo aqueles, um pouco "loucos", que pedem sangue e exigem vingança, como os  Moros, os Dalagnols e os Bolsonaros, vão acabar pregando no deserto com seus discursos fascistas, porque o cenário acabará dominado pelos Temers, pelos Padilhas, pelos Gilmars, que exigem que a mediocridade seja instaurada como virtude nacional.

O novo lema da República, em vez do positivista Ordem e Progresso, será Moderação e Subserviência.

Vamos ser suavemente moderados, aceitando passivamente o assalto que se faz aos poucos direitos que os trabalhadores ainda detinham.

Vamos ser subservientes aos mais ricos, aos mais ousados, aos mais práticos, e de preferência aos que falam inglês.

Nada de revoltas. 

Revolução?

Isso é coisa antiga, fora de época, démodé.

A inconfidência Mineira, a Legalidade, as Diretas Já, ficam bem nos livros de história (ainda que com algumas novas correções), mas na vida real só vão atrapalhar os fins de semana, quando o melhor programa será sempre assistir o Domingão do Faustão.

Quando quisermos saber o que está acontecendo, basta ligar na Rede Globo e aqueles seus comentaristas explicam tudo.

E o Lula?

Que Lula?

Marino Boeira é jornalista, formado em História pela UFRGS

 


Loading. Please wait...

Fotos popular