Pravda.ru

Sociedade » Cultura

A Imprensa Negra e o Negro na Imprensa

27.09.2007
 
A Imprensa Negra e o Negro na Imprensa


Festival do Rio - Debate: A Imagem no Espelho: A Imprensa Negra e o Negro na Imprensa - Mesmo ativos desde o século XIX, os jornais dedicados à população negra são um dos segmentos menos conhecidos da imprensa norte-americana. Este é o primeiro relato sobre os jornalistas que, ajudando negros do sul do país a migrarem para o norte e honrando os soldados negros na Segunda Grande Guerra Mundial, arriscaram suas vidas para que seu povo fosse tratado com dignidade

Dia 28/09 (sexta-feira) 18h30 - sessão (ingresso R$6) 20h30 - debate (gratuito)


Com a exibição de: The Black Press Soldiers Without Swords , de Stanley Nelson (EUA)


Debate com Stanley Nelson (diretor); Angélica Basthi (Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial do Sindicato de Jornalistas RJ) e Júlio Tavares (antropólogo e professor do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFF).


Sinopse: Mesmo ativos desde o século XIX, os jornais dedicados à população negra são um dos segmentos menos conhecidos da imprensa norte-americana. Este é o primeiro relato sobre os jornalistas que, ajudando negros do sul do país a migrarem para o norte e honrando os soldados negros na Segunda Grande Guerra Mundial, arriscaram suas vidas para que seu povo fosse tratado com dignidade. Com imagens de arquivo e entrevistas com personalidades que participaram dos eventos. O documentário ganhou o prêmio Liberdade de Expressão no Festival de Sundance 1999. Dox/Homenagem a Stanley Nelson.


Cine Encontro


Filmes e bate-papo com cineastas. Cada vez mais, o Festival do Rio aproxima você da sétima arte.


21 de setembro a 3 de outubro
Centro Cultural Justiça Federal


No Cine Encontro o grande público tem a oportunidade de interagir com diversos profissionais do cinema nacional e mundial contemporâneo! Os encontros são gratuitos e sujeitos à lotação da sala. Confira a programação e cobertura dos encontros na nossa página (clique aqui) no site www.festivaldorio.com.br

Stanley Nelson em debate gratuito no Festival do Rio, nesta sexta-feira


Premiado diretor americano falará sobre seu filme "A Imagem no Espelho: A Imprensa Negra e o Negro na Imprensa".


O diretor Americano Stanley Nelson estará no debate gratuito sobre seu filme A imprensa Negra Americana: Um combate sem tréguas, nesta sexta-feira, dia 28 de setembro, no Centro Cultural Justiça Federal, na Cinelândia. O debate acontece após a exibição do filme, às 18h30, e faz parte do ciclo de debates Cine Encontro do Festival do Rio.


O longa aborda a temática do preconceito racial na sociedade americana. Mesmo ativos desde o século XIX, os jornais dedicados à população negra são um dos segmentos menos conhecidos da imprensa norte-americana. Este é o primeiro relato sobre os jornalistas que, ajudando negros do sul do país a migrarem para o norte e honrando os soldados negros na Segunda Guerra, arriscaram suas vidas para que seu povo fosse tratado com dignidade. A obra é feita com imagens de arquivo e entrevistas a personalidades que participaram dos eventos.


Aos 55 anos, Stanley Nelson é famoso por seus documentários históricos e co-fundador da Firelight Media, organização sem fins lucrativos dedicada ao registro de pessoas, lugares e culturas que não são representados pela grande mídia. Suas obras já conquistaram praticamente todos os prêmios da categoria, com destaque para O assassinato de Emmett Till, de 2003, que lhe valeu, entre outros, o Emmy de Melhor Diretor, o Prêmio Especial do Júri no Festival de Sundance, e o George Foster Peabody, a maior honraria do jornalismo televisivo. Ele também dirigiu Jonestown: Vida e morte no Templo do Povo, sobre o pastor Jim Jones e o suicídio em massa na Guiana, e Marcus Garvey: No olho do furacão, a respeito do líder que comandou nas décadas de 1910 e 1920 o maior movimento negro de todos os tempos.


No debate, também estarão presentes: Angélica Basthi, da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial do Sindicato de Jornalistas RJ e Júlio Tavares (antropólogo e professor do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFF). O filme custa R$6,00 e o debate é gratuito, sujeito à lotação.


Confira a programação e composição das mesas do Cine Encontro no anexo ou no site www.festivaldorio.com.br , no link Cine Encontro.

Fonte: caferj.com


Loading. Please wait...

Fotos popular