Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Trienal de Luanda –Últimos eventos

26.03.2007
 
Pages: 12
Trienal de Luanda –Últimos eventos

 TRIENAL DE LUANDA arte, cultura, história e política contemporânea - ÚLTIMOS EVENTOS


SOSO I CORREIOS - Avenida 4 de Fevereiro 181, 1º, ingombotas _ edifício Correios de Angola
( Entrada pelo Parque de Estacionamento do Restaurante Bahia)


3ª feira _ 27 Mar 07
17h00 _ Conferência Rui Orfão
20h30 _ Capoeira


4ª feira _ 28 Mar 07
17h00 _ Conferência Billi Bidjocka
20h30 _ Performance Ballet Tradicional Kilandukilu


5ª feira _ 29 Mar 07
20h30 _ Moda Angolana Contemporânea _ desfile


Sábado _ 31 Mar 07
20h30 _ Festa de Encerramento _ Concerto Paulo Flores

-------

Terça Feira 27 Março 2007

CICLO DE CONFERÊNCIAS _ 17h00 _ Conferência Rui Orfão _ A conferência aborda fundamentalmente o percurso artístico e pessoal de Rui Órfão.
CAPOEIRA _ 20h30 _ Incursão ao universo da capoeira angolana _ demonstração do grupo Abada – Capoeira – Angola & Projecto 5R
SOSO I CORREIOS _ Artes Visuais | Multimédia _ avenida 4 de fevereiro 181, 1º, ingombotas _ edifício Correios de Angola
( Entrada pelo Parque de Estacionamento do Restaurante Bahia)

------
Rui Órfão, nasceu em Leiria,1958.
Estudou em Leiria, Engenharia Civil em Coimbra e Lisboa, onde se licenciou em Arquitectura na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa. Foi sócio do CAP.AC – Círculo de Artes Plásticas da Academia de Coimbra, e da Cooperativa Diferença, em Lisboa. Participou em diversos colectivos em Coimbra, como o Grupo Cores, Artitude:01- Progestos Visuais Multimédia e Fila K . Co-coordenou e produziu o Simposium “Projectos & Progestos”- Novas Tendências nas Linguagens Artísticas Contemporâneas - Teatro Estúdio CITAC, Universidade de Coimbra, 1980-85. É autor de diversas instalações e performances, que apresentou em Coimbra, Lisboa, Almada, Leiria, Lyon, Paris, Turim, Salónica, S. Paulo, Gent entre outros. Actualmente reside e trabalha em Lisboa onde desenvolve actividade como arquitecto em gabinete próprio sendo autor de diversos projectos com especial incidência em programas museológicos e de arte contemporânea.
----------------
A Capoeira é uma dança- luta praticada desde os tempos dos Quilombos ( núcleos de resistência africanos que fugiam da escravidão ) constituiu uma ameaça à implantação da República no Brasil, tendo sido reprimida durante várias décadas.

O ritual da capoeira acontece sempre numa roda onde no centro os dois capoeiristas executam os movimentos desta luta-dança acompanhados por instrumentos como o berimbau, o atabaque, e o pandeiro que marcam os diferentes rítmos para o desenvolvimento do jogo. Todos os presentes cantam as músicas características da capoeira e a acompanham com palmas.

A Abadá Capoeira tem como filosofia o desenvolvimento do seu trabalho em vários níveis, seja buscando a elevação
do nível técnico e teórico do capoeirista, utilizando a capoeira como valioso recurso pedagógico, artístico e cultural, objectivando, entre outras coisas a profissionalização do capoeira, procurando resgatar o valor do Mestre de Capoeira como produtor e transmissor de cultura e vivência.

-------
8 de Março - 4ª feira
CICLO DE CONFERÊNCIAS _ 17h00 _ Conferência Billi Bidjocka _ artista camaronês _ A conferência aborda fundamentalmente a arte contemporânea e percurso artístico e pessoal de Bilii Bidjocka
BALLET TRADICIONAL KILANDUKILU _ 20h30 _ Performance do Grupo com apresentação de várias obras _ apresentação da trajectória artística do grupo
SOSO I CORREIOS _ Artes Visuais | Multimédia _ avenida 4 de fevereiro 181, 1º, ingombotas _ edifício Correios de Angola
( Entrada pelo Parque de Estacionamento do Restaurante Bahia)

---------------
Billi Bidjocka, nasceu em Douala, Camarões, 1962. Frequentou a Escola de Belas Artes de Paris. Vive e trabalha em Paris e Bruxelas. Bidjocka retrata o jogo do poder e das relações humanas, considerando-as o bem e o belo dentro do espaço da arte. Considera a arte um enigma, como interrogação fundamental sobre a finalidade da criação.

TRAJECTÓRIA
1987 | Galerie de l’École des Beaux-Arts | Paris, França | colectiva
1988 | First International Meeting of fine Arts | Centre Culturel Européen | Delphes | colectiva
1992 | Espace Diderot | Rez-les-Nantes | colectiva
1993 | “The Us of Art Project” | London Contemporary Art Fair | colectiva
1993 | “Décalage” | Uquam | Montréal, Quebéc | colectiva
1997 | Bienal de Joanesburgo | Joanesburgo, África Sul | colectiva
1997 | Bienal de Havana | Havana, Cuba | colectiva
2003 I Africallia, Palais dês Beaux Arts, Bruxelas, Bélgica

2004 – 2006 I “África Remix” I Palais Kunst – Dusseldorf I Galeria Hayward – Londres I Centro George Pompidou – Paris I Mori Art Museum – Tóquio I colectiva
--------
Ballet Tradicional Kilandukilu, grupo criado a 15 de Março de 1984 em Luanda. Formado por entusiastas da arte da dança tradicional, tem pautado o seu trabalho, essencialmente, na divulgação da arte tradicional ao nível da dança e música. Após longos anos de trabalho o grupo conseguiu consolidar-se e apresentar-se como um dos melhores existentes tanto em Angola, como em África.
Do percurso deste grupo,

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular