Sociedade » Cultura

ICS debate a importância da religião nas sociedades modernas

25.11.2008
 
ICS debate a importância da religião nas sociedades modernas

Três dos principais estudiosos mundiais da sociologia da religião participam na mesa-redonda “Post-Secular Societies? Religious Change in Europe”

A mudança ou o declínio do papel da religião nas sociedades modernas conduzem à ideia da secularização – processo de separação das instituições civis ou educativas do controlo eclesiástico. Paradoxalmente, a discussão das grandes questões religiosas em espaços públicos aumentou significativamente nos últimos anos. Este facto tem levantado algumas questões junto dos estudiosos desta temática, que apresentam razões para duvidar da diminuição da relevância da religião no mundo de hoje.

Este é o ponto de partida para a mesa-redonda que o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-UL) promove, no próximo dia 26 de Novembro, a partir das 17h30, no auditório A. Sedas Nunes com o tema “Post-Secular Societies? Religious Change in Europe”. Três dos principais estudiosos mundiais da sociologia da religião Thomas Luckmann, José Casanova e Hubert Knoblauch – reúnem-se para debater a emergência de uma sociedade pós-secular e a actual situação religiosa da Europa. O coordenador deste encontro é Steffen Dix, investigador pós-doutoramento no ICS onde desenvolve projectos na área da religião e a religiosidade em Portugal.

Thomas Luckmann é um dos mais conhecidos seguidores da escola fenomenológica da sociologia, criada por Alfred Schütz. Ao longo das suas obras, desenvolveu uma teoria conhecida como ‘construcionismo social’ que defende que todos os conhecimentos, incluindo o mais elementar senso comum, deriva e é mantido por interacções sociais.

Os mais recentes projectos de investigação de José Casanova, professor de sociologia e antropologia, concentram-se principalmente em áreas como a globalização e religião, a dinâmica da religião, migração e diversidade cultural. Ao estudar a religião e globalização, a sua investigação tem adoptado uma perspectiva comparativa ambiciosa que inclui catolicismo, pentecostalismo e islão.

Hubert Knoblauch estudou Sociologia, Filosofia e História e é autor de uma vasta bibliografia que inclui obras como ‘Video Analysis. Methodology and Methods’. ‘Qualitative Audiovisual Data Analysis in Sociology’ ou ‘Europe and the Invisible Religion’. É considerado internacionalmente como um dos mais importantes especialistas na sociologia da religião e na sociologia do conhecimento.

Fonte: IMAGO

| More

Loading. Please wait...

Fotos popular