Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Semana Cultural do Irão na Universidade de Lisboa

25.11.2008
 
Pages: 12
Semana Cultural do Irão na Universidade de Lisboa

No âmbito das comemorações dos 500 anos das relações entre o Irão e Portugal , a Embaixada do Irão, em parceria com a Universidade de Lisboa apresentam a Semana Cultural do Irão na Universidade de Lisboa. A Conferência de Abertura, a ter lugar no dia 2 de Dezembro, às 16h30, será proferida pelo Professor Doutor António Dias Farinha, Professor Catedrático da Faculdade de Letras da UL e por Sua Excelência, o Embaixador da República Islâmica do Irão, Dr. Seyed Rasool Mohajer.

No âmbito das comemorações dos 500 anos das relações entre o Irão e Portugal , a Embaixada do Irão, em parceria com a Universidade de Lisboa apresentam a Semana Cultural do Irão na Universidade de Lisboa. A Conferência de Abertura, a ter lugar no dia 2 de Dezembro, às 16h30, será proferida pelo Professor Doutor António Dias Farinha, Professor Catedrático da Faculdade de Letras da UL e por Sua Excelência, o Embaixador da República Islâmica do Irão, Dr. Seyed Rasool Mohajer.

Reitoria | 2 a 5 de Dezembro de 2008

Entrada livre

Integra também esta Semana Cultural um Ciclo de Cinema Iraniano apresentando diversas obras de realizadores daquele país, tal como Abbas Kiarostami, entre outros. Este ciclo decorre entre 2 e 5 de Dezembro, no Salão Nobre da Reitoria, com sessões às 17h e 18h30 (programa detalhado em anexo). Estará também patente, no Átrio dos Passos Perdidos da Reitoria, uma Exposição de publicações e artefactos da cultura Iraniana.

Semana Cultural do Irão na Universidade de Lisboa

Reitoria da Universidade de Lisboa

de 2 a 5 de Dezembro de 2008

PROGRAMA

2 de Dezembro de 2008

Salão Nobre | 16 h30

Conferência de Abertura

Abertura da sessão|Prof. Doutor António Nóvoa, Reitor da Universidade de Lisboa

The historical relationship beetween Portugal and Persia |Prof. Doutor António Dias Farinha, Catedrático da Faculdade de Letras da UL

Role of Islamic Republic of Iran in Middle East |Seyed Rasool Mohajer, Embaixador

da República Islâmica do Irão

Beberete

Exposição

Ciclo de Cinema Iraniano

Salão Nobre |18h30

“O Sabor da Cereja”, de Abbas Kiarostami

Palma de Ouro, Cannes ‘97

Em Teerão, um homem desesperado quer pôr fim aos seus dias e parte à procura de alguém a quem possa pagar para o enterrar após o suicídio. Durante a sua viagem, este homem cruza-se e tenta convencer, entre outros, um estudante de teologia, um soldado e um guarda de um museu. Cada um deles reagirá de forma extremamente diferente ao seu pedido.

3 de Dezembro de 2008

Salão Nobre | 17 horas

Conferência

A glance at Language and Culture of Iran | Sepideh Radfar, Professora de Persa na Universidade de Lisboa

Ciclo de Cinema Iraniano

Salão Nobre | 18h00

“E a Vida Continua”, de Abbas Kiarostami

Prémio de Rosselini, Cannes ‘92

Em 1990 um terrível sismo devastou o norte do Irão. Foi numa pequena aldeia dessa região que, em 1987, o cineasta filmou "Onde Fica a Casa do Meu Amigo?". Preocupado com a sorte dos dois miúdos, intérpretes do filme, Kiarostami parte no seu automóvel para o lugar do terramoto na companhia do seu filho, três dias depois da catástrofe. Não encontra os miúdos mas é acompanhado pelo olhar das pessoas que sobreviveram, pelo seu entusiasmo, pela sua alegria de viver. Esta viagem de 24 horas em forma de road-movie é o tema de "E a Vida Continua", um documentário-ficção pungente, realizado cinco meses depois do tremor de terra.

4 de Dezembro de 2008

Ciclo de Cinema Iraniano

Salão Nobre | 17h00

“Através das Oliveiras”, de Abbas Kiarostami

Selecção oficial, Cannes 94

Uma equipa de cinema chega a uma pequena cidade no norte do Irão, devastada por um tremor de terra, para realizar um filme denominado "E a Vida Continua". Hossein, um jovem pedreiro, é contratado para integrar a equipa e acaba por interpretar um pequeno papel no filme. Por coincidência, a actriz que contracena com ele é Farkhondé, uma jovem vizinha por quem Hossein está apaixonado, mas a quem os pais tinham recusado o casamento antes da catástrofe. Os pais de Farkhondé morreram entre os escombros. Mas a avó continua a opor-se ao casamento, uma vez que Hossein não9 tem casa própria. O apaixonado insiste: "Agora ninguém tem abrigo, somos todos iguais". E continua assim a perseguir a sua amada, para obter uma resposta.

Salão Nobre | 18h30

“O Tempo Levar-nos-á“, de Abbas Kiarostami

CinemAvenire Award, FIPRESCI Prize e Prémio Especial do Júri- Festival de Veneza 99

Alguns cidadãos de Teerão viajam até a uma aldeia afastada do Curdistão. Os habitantes desta aldeia pensam que eles vieram para encontrar um tesouro. Todos estão à espera que algo aconteça...

5 de Dezembro de 2008

Ciclo de Cinema Iraniano

Salão Nobre | 17h00

“O Quadro Negro”, de Samira Makhmalfbaf

Los Angeles 2000 - Grande Prémio do Júri

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular