Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Pontos de Cultura em São Paulo

25.06.2009
 
Pontos de Cultura em São Paulo

Ao som do grupo de canto e dança da etnia Wassu Cocal, do Ponto de Cultura Indígena Urbana de Mogi das Cruzes, o Ministério da Cultura (MinC), por meio do Programa Mais Cultura, e o governo paulista lançaram na manhã desta terça-feira, 23 de junho, o edital para seleção de 300 novos Pontos de Cultura no estado de São Paulo. Serão investidos R$ 54 milhões, sendo R$ 36 milhões do MinC e R$ 18 milhões da Secretaria de Estado da Cultura, ao longo dos próximos três anos.


O secretário de Cidadania Cultural do MinC, Célio Turino, explicou que a ação conjunta tem por objetivo apoiar entidades e incentivar iniciativas da sociedade civil que desenvolvam papel relevante em suas comunidades por meio do fomento, difusão, produção e formação cultural.

“Com os Pontos de Cultura estamos promovendo a criação e a integração de uma rede de ações e serviços culturais em todo o país, contribuindo para o desenvolvimento de comunidades historicamente sem acesso aos instrumentos e mecanismos de fomento cultural. Esperamos que o edital possa contemplar a rica diversidade cultural do Estado de São Paulo”, destacou Turino.

Por sua vez, a secretária de Articulação Institucional do MinC e coordenadora executiva do Programa Mais Cultura, Silvana Meireles, enfatizou que a cultura ocupa o 6º lugar nos gastos mensais da família brasileira, independente da classe social, ficando acima da educação. “É um indicador de que o povo necessita e deseja cultura. No entanto, o Brasil ainda apresenta um grave cenário de exclusão cultural. Para superarmos essa realidade, os governos, em todas as esferas, devem colocar a cultura em suas agendas políticas. Estamos apostando muito na aliança com os estados e municípios em nossa missão de implementar uma política que garanta os direitos culturais dos cidadãos brasileiros”, afirmou.


O secretário de Cultura de São Paulo, João Sayad, celebrou a parceria com o Ministério da Cultura, que possibilitará a transferência direta de recursos para apoiar iniciativas culturais da sociedade civil. “Estamos vencendo o formalismo e a burocracia, garantindo recursos para apoiar o segmento da população que mais precisa”, afirmou. Segundo o secretário, o governo estadual oferecerá capacitação para auxiliar as entidades a apresentarem projetos ao edital. “É preciso eliminar barreiras entre o Estado e a sociedade”, ressaltou.


Para Robson Bonfim Sampaio, representante da Comissão dos Pontos de Cultura de São Paulo, o apoio direto dos governos representa uma nova forma de fazer política cultural, que contempla a diversidade dos produtores, agentes e criadores culturais. “Significa não só mais recursos, mas também mais transparência nos recursos destinados à cultura, democratizando a produção criativa do país.”


As 300 iniciativas a serem contempladas formarão a maior rede de Pontos de Cultura do país. O estado de São Paulo tem hoje cerca de 200 Pontos já apoiados. No Brasil, são mais de 1.500 iniciativas contempladas pelo Ministério da Cultura, por meio dos programas Cultura Viva e Mais Cultura. A meta é chegar a mais de duas mil até o final do ano.


As inscrições ao edital estarão abertas de 24 de junho a 24 de agosto. Podem participar pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos, como associações, sindicatos, cooperativas, fundações privadas, escolas comunitárias, associações de pais e mestres, ou Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs), Organizações Sociais (OS) e Pontos de Cultura, sediados em São Paulo e com atuação comprovada na área cultural há pelo menos dois anos.


O edital será publicado pela Secretaria de Cultura de São Paulo ( www.cultura.sp.gov.br ) nos próximos dias e estará disponível também na página eletrônica do MinC, nos links Editais e Premiações , Programa Mais Cultura e Programa Cultura Viva . Os selecionados receberão R$ 180 mil, divididos em três parcelas anuais.


Fonte: Min. Cultura


Loading. Please wait...

Fotos popular