Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Exposições Work in Progress

25.03.2009
 
Pages: 12
Exposições Work in Progress

WORK IN PROGRESS: ESPAÇOS/ESCRITA, exposição do núcleo de desenho da FBAUL, inaugura a 26 de Março, às 21 hs., na Fábrica Braço de Prata.

Work in Progress é um novo ciclo de exposições de curta duração a decorrer durante a última semana de cada mês no Espaços do Desenho. Este programa tem como ambição dar a conhecer trabalhos de desenho de alunos finalistas de cursos de Arte e envolver os alunos participantes na organização e produção destes ciclo de eventos. Espaços/Escrita é a segunda exposição deste ciclo e vai decorrer entre os dias 25 e 29 de Março, de quarta a sábado, das 19 às 23h, e domingo das 16 às 20h. A inauguração realiza-se no dia 26 de Março, às 21h e conta com uma comunicação pelo Professor António Pedro Marques, Fac. Belas Artes da UL, intitulada Espaços/Escrita.

Contacto: Prof. António Pedro Marques: tlm: 91 712 99 58

Espaços do Desenho, Fábrica Braço de Prata

Rua da Fábrica do Material de Guerra nº1, 1950 - 128, Lisboa

Horários: Quarta – Sábado, 19 – 23h, Domingo, 16 – 19h

ESPAÇOS/ESCRITA, António Pedro Marques

“Na sequência da iniciativa de Teresa Carneiro e Luís Filipe Gomes, promotores do ciclo “work in progress”, nos Espaços do Desenho, na Fábrica do Braço de Prata, em Lisboa, os finalistas da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa acederam ao convite para participarem na segunda exposição de um ciclo de três exposições de desenho, em colaboração com o núcleo de Desenho da FBAUL, dando assim visibilidade ao trabalho realizado no ano lectivo transacto. Espaços/Escrita é o título desta segunda exposição, em que participam Ana Rita Pires, Inês Murta, Joana Pereira, Maria Henriques e Sara Bichão. Partindo da escrita e do gesto que está na sua origem, os trabalhos revelam diferentes atitudes e formas de expressão que traduzem uma subtil realidade introspectiva com uma acentuada carga simbólica.

As obras apresentadas oscilam entre o sinal explícito da escrita e a caligrafia inventada do desenho. A linguagem que está presente nestes desenhos não repete os formulários da escrita, da qual tenta libertar-se através de uma espécie de gestualidade pura que se recria ao longo do processo de construção. A transformação textual, que as formas sugerem, remete-nos para o inefável e para a subjectividade da representação sensível. O registo assume um carácter mais gráfico ou mais plástico, que oscila entre a mina de grafite sobre papel e a tinta acrílica sobre madeira, a par de técnicas mistas sobre outros suportes como a parede de cimento e de esferovite. A dicotomia da palavra, como elemento de expressão gráfica e forma textual, mapas imaginários de cidades-satélite, fragmentos de espaços invisíveis, estruturas híbridas de corpos ausentes, transparências ocultas na lógica de interacção entre as coisas, alfabetos intuitivos que denunciam a presença de novos objectos caracterizam esta escrita do desenho com singular intencionalidade e unidade estética. É justo salientar, mais uma vez, a acção processual que tem vindo a decorrer metodicamente ao longo da formação académica das autoras e que nos permite antever um futuro promissor.”

Ana Rita Pires

Nasceu em Lisboa em 1983. Em 1984 foi para Melbourne, Austrália onde residiu até 1994. Terminou a licenciatura em Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa em Dezembro de 2008. Participou na exposição colectiva “Encontros” que teve lugar na Junta de Freguesia de Alcântara, 2003. Participou ainda numa Residência de Artistas, Encontro Transatlântico de Artes, no Porto Madeira, Ilha de Santiago, Cabo Verde, em Agosto 2008.

Inês Murta

Nasceu no Montijo em 1985. Actualmente está a concluir a Licenciatura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, variante Pintura.

Joana Pereira

Nasceu em Lisboa em 1984. É finalista do curso de Pintura da Faculdade de Belas Artes. Em Fevereiro de 2007 participou no programa Erasmus em Inglaterra, Canterbury. No mesmo ano participou numa Exposição individual na Galeria Bairro Arte. Em Agosto de 2008 participou numa Exposição Colectiva na Galeria Arte Periférica e em Novembro do mesmo ano participou na Arte Lisboa, pela Arte Periférica.

Maria Henriques

Nasceu em 1986, em Lisboa, onde vive e trabalha. Concluiu em 2008 a Licenciatura em Pintura na FBAUL. Participou no Workshop de Curadoria de Arte Contemporânea, por Nuno Sacramento, na FBAUL; Workshop de Cerâmica, Oficinas do Convento, Montemor-o-Novo; Curso de Pintura da S.N.B.A.; Curso Intensivo de Pintura do Ar.Co. Participou nas Exposições Colectivas de Pintura Pequeno Formato a favor da Laço e Acto, na Galeria de Arte, Porto, 2008; Semana Aberta, FBAUL, 2008; Finalistas da S.N.B.A., 2004; Finalistas do Ar.Co, 2001. Em 2008 participou na realização de um painel de pintura colectivo em memória das vítimas da PIDE, Associação Não apaguem a Memória, Lisboa. Actualmente desenvolve projectos artísticos em pintura, desenho, vídeo e fotografia.

Sara Bichão

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular