Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Do you speak Spanish?

24.01.2011
 

Esta é a primeira pergunta que qualquer pessoa que está procurando emprego numa empresa americana, principalmente em Miami e demais cidades onde a comunidade hispânica é forte, deve responder. Você leu direito sim:  empresa americana.  É que com a  população de imigrantes latinos cada vez mais ocupando cidades, muitos sem falar inglês, o jeito  foi aderir à latinidade e  afiar o espanhol. Tarefa, aliás, nada fácil para a maioria dos americanos, principalmente os que não tem origem hispana e nunca tiveram contato com o idioma de Cervantes.

A propósito, essa coisa de não se interessar em falar  outras línguas  é um grave defeito dos americanos, desde os jovens aos mais velhos. Eles acham que falando inglês já é suficiente, afinal o idioma de Shakespeare  é universal, certo?  Errado. A prova disso é que o espanhol hoje tem a mesma importância que o inglês no mercado de trabalho e quem não sabe falar tem que dar um verdadeiro nó na língua na hora da entrevista de emprego e tentar emplacar um "spanglish" básico!

São muitos os casos. Tem o daquela jovem americana de mãe hispana e pai americano de origem nórdica que nunca aprendeu espanhol porque o pai a proibiu. O do homem de  59  anos dono de uma floricultura que diz estar "muito velho" para aprender um outro idioma tão diferente do inglês. Frustrado ele até admite que já perdeu várias vendas por não entender o que o comprador queria. Ou tem  ainda aquele americano teimoso que não se conforma com as novas tendências  recusando-se a aprender o espanhol.

E  para deixar os americanos mais ainda à beira de um ataque de nervos, em algumas regiões de Miami o inglês não é ouvido nem nas rádios.  A língua oficial é o "spanish "e não adianta espernear. Os latinos sentem-se em casa falando livremente a língua pátria, dizendo "gracias" em vez de "thank you", completamente desobrigado  de  falar inglês. Exatamente ao contrário dos donos da casa.

Não tem jeito, os latinos definitivamente invadiram a praia dos gringos com  sua música de ritmo "caliente", sua comida apimentada e seu jeitão bem à vontade de falar alto, gesticulando, com uma energia contagiante, mas que por vezes assusta os nativos ianques  normalmente contidos e bem comportados. Para os mais radicais, essa latinização da cultura é vista como uma verdadeira invasão na privacidade de seus costumes baseados nas tradições dos primeiros colonizadores das terras descobertas por Colombo.

Segundo informação do último censo, atualmente a população hispana dentro dos EUA é de 45 milhões de pessoas, a maior minoria do país, equivalente a um sexto da população americana!

Assim, sentindo-se estranhos e  até mesmo marginalizados  na própria casa , muitos americanos que não conseguem e nem querem se render ao idioma e costumes latinos, estão debandando para o norte do país, berço dos "pilgrims" , conquistadores ingleses que construíram as bases da Terra do Tio Sam. Lá, a situação é bem diferente. Quem não falar inglês não tem muita chance no mercado.

O fato é que essa invasão de hábitos das outras américas, a Central e a do Sul, está  dividindo opiniões na do Norte. Seja na imprensa, na política ou até mesmo entre os cidadãos comuns. Mas inconformismos à parte, a  realidade existe e não há como contestá-la, os latinos invadiram pra valer  a praia dos americanos. "That's it" ou melhor "Asi és"!

É como diz,  no vídeo abaixo,  a cantora colombiana à qual o mercado americano se rendeu, Shakira, "mi casa, tu casa..."

http://www.guiasaojose.com.br/web/coluna_ler.asp?id=4894

 


Loading. Please wait...

Fotos popular