Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Prêmio Nobel Saramago alerta a Barack Obama

22.01.2009
 
Prêmio Nobel Saramago alerta a Barack Obama


O prêmio Nobel português José Saramago advertiu nesta terça ao novo presidente norte-americano, Barack Obama, que ele jamais será perdoado por negar, deturpar ou falsear uma só palavra que tenha pronunciado ou escrito.

Em uma nota publicada nesta terça-feira em seu Caderno de internet (http://cuaderno.josesaramago.org) o premiado escritor lusitano sustenta que Obama resolverá ou tentará resolver os tremendos problemas que lhe esperam e pode acertar ou não nesse propósito.


Inclusive admite que "algo de seus erros, que certamente cometerá, teremos que perdoar, porque errar é próprio do homem".


Mas, destaca Saramago, o que não lhe perdoaríamos jamais é que chegasse a negar, deturpar ou falsear uma só das palavras que tem pronunciado ou escrito.


"Poderá não conseguir estabelecer a paz no Oriente Médio, por exemplo, mas não lhe permitiremos que cubra o fracasso, com um discurso enganoso. Sabemo-lo tudo de discursos enganosos, senhor presidente, olhe bem onde se mete", aponta. O octogenário intelectual português também alerta sobre a possibilidade de um atentado contra o novo governante dos Estados Unidos e destacou que "seria como matar duas vezes o mesmo sonho".


Dessa maneira recorda-se do assassinato em 1968 do lutador norte-americano pelos direitos civis Martin Luther King e destaca a presença hoje de 40 mil policiais em Washington "para que não suceda o mesmo a Barack Obama".


"Não acontecerá, digo, como se estivesse em minha mão o poder de conjurar as piores desgraças. Seria como matar duas vezes o mesmo sonho", conclui o texto do autor do Evangelho segundo Jesus Cristo.

Prensa Latina

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=b23f52202479e957b9bada847c1175d7&cod=3099


Loading. Please wait...

Fotos popular