Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Cuba expõe na Unesco método de alfabetização Sí yo puedo

18.10.2019
 
Cuba expõe na Unesco método de alfabetização Sí yo puedo. 31938.jpeg

Cuba expõe na Unesco método de alfabetização Sí yo puedo

 

Paris, 17 out (Prensa Latina) Cuba compartilhou hoje as conquistas do método de alfabetização Sí, yo puedo na continuação das sessões do Conselho Executivo da Unesco, fórum que reiterou seu compromisso com o combate ao flagelo em outros países.

 

A delegada Aimeé Pujadas destacou a importância que outorga a ilha à cooperação Sul-Sul, Norte-Sul e triangular para a implementação da estratégia recém apresentada pela organização da ONU especializada em temas de educação, ciência e cultura para a alfabetização de jovens e adultos no período 2020-2025.



Sí, yo puedo, merecedor do Prêmio Alfabetização 2006 Rei Sejong da Unesco, se concebeu com um carácter internacionalista e tem como objetivo fundamental a inserção ativa dos participantes no fazer social, econômico e político do meio onde vivem, destacou.



De acordo com a diplomata, trata-se de um método econômico e flexível, por sua capacidade para ser adaptado a qualquer país ou comunidade.



Está disponível em vários idiomas e dialectos, além do sistema Braille, o qual favorece sua aplicação de maneira fácil, bem como uma alfabetização transformadora e educadora, assinalou.



A subdiretora geral para a Educação da Unesco, Stefania Giannini, apresentou faz numa semana a nova estratégia para combater um mau social que ainda açoita a 750 milhões de seres humanos, número que constitui um forte repto para a materialização de uma das metas do objetivo da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável relacionado com a educação.



Graças ao Sí, yo puedo, mais de 10 milhões 500 mil pessoas têm aprendido a ler e escrever em 32 países, um método que pode seguir ajudando com suas novas prestações.



A respeito, Pujadas disse no Conselho Executivo que o programa se atualizou para aproveitar melhor as potencialidades das Tecnologias da Informação e a Comunicação.



A delegada acentuou a vontade de Cuba de pôr esta útil ferramenta para os alfabetizadores ao serviço da implementação da nova estratégia da Unesco.



No fórum da organização, a ilha ratificou a importância que atribui à educação inclusiva e de qualidade, um setor no qual mostra realizações reconhecidas, apesar do impacto sobre ela e em toda a sociedade os 60 anos de bloqueio econômico e comercial e financeiro pelos Estados Unidos.



mem/wmr/bm

 

 

 

Domínio público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=564555

 


Fotos popular