Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Comemoram 180 anos do nascimento do Tolstoi em Montevidéu

18.09.2008
 
Comemoram 180 anos do nascimento do Tolstoi em Montevidéu

A Embaixada da Federação Russa em Montevidéu foi organizadora de mais um evento desses que contribuem com a cultura internacional lembrando uma data que para os russos de jeito especial e para o mundo inteiro, nem só das letras, é marcante mesmo. Trata-se dos 180 anos do nascimento do Leão Tolstoi, apontando já para os 90 da morte do escritor, assunto que foi lembrado pelos palestrantes da cerimônia no decorrer dos discursos em lembrança daquele russo que no final da vida tinha jeitinho de «matusalém».

Foi na terça 9 de Setembro de 2008 às três da tarde.

A Embaixada da Federação Russa em Montevidéu foi organizadora de mais um evento desses que contribuem com a cultura internacional lembrando uma data que para os russos de jeito especial e para o mundo inteiro, nem só das letras, é marcante mesmo. Trata-se dos 180 anos do nascimento do Leão Tolstoi, apontando já para os 90 da morte do escritor, assunto que foi lembrado pelos palestrantes da cerimônia no decorrer dos discursos em lembrança daquele russo que no final da vida tinha jeitinho de «matusalém».

A listagem de palestrantes foi aberta pelo Sr. Embaixador russo em Montevidéu, Serguey N. Koshkin quem deu o salto inicial deixando evoluir a lembrança por conta do Diretor da Biblioteca Nacional – Sr. Tomás de Mattos, que logo deixou sua vaga para a Vice-Presidenta da Academia Nacional de Letras, Professora Angelita Parodi de Fierro, mais logo para a Vice-Presidenta do Instituto Cultural «Máximo Gorky», Sra. Olga Sanin, encerrando este processo um dos bisnetos do destaque da data, Sr. Sacha Tolstoi que tendo nascido na França e com rascunho na mão, veio de Punta Ballena (Ponta Baleia) muito perto de Punta del Este para carimbar um encontro de realce com a cultura russa.

O «herdeiro» franco-uruguaio do Leão, Dom Sacha compartilhou com os convidados que ficamos surpresos alguns comentários que atingiram a própria vida do bisavô, salientando que tinha certeza que o Leão tivesse gostado morar no Uruguai. Além disso tudo quanto tem a ver com os laços familiares que ainda existem e continuaram confirmando-se em agosto retrasado em mais uma reunião que aconteceu em aquele casarão que foi residência do Leão e hoje é um hotel propriedade de um primo do Sacha. Não conseguiu esquecer dos mergulhos que deram os quase 120 parentes nesse riacho que fica dentro da «fazenda» e sabe que o Leão gostava e tanto.

A surpresa foi ainda maior na hora que uma fita começou emitir alguns sons estranhos no toca-fitas da Sala da reunião e aos poucos uma voz em russo «mostrava-se» para os convidados que degustando vinho tinto começávamos ouvir o Leão por alguns minutos.

Alguns instantes depois o diplomata russo responsável do Setor Cultural, Sr. Gregory Korolev, compartilhou um filme montado pela embaixada com história feita fotos e vídeo do Leão Tolstoi. Nesse filme salientava-se a vida, a obra e a família do escritor e até a residência conhecida como Sasnaya Poliana.

Não sendo parte da listagem de palestrantes em lembrança do escritor, a Eng°. María Simón, Ministra de Educação e Cultura participou do evento desde o início sendo a convidada oficial uruguaia destaque da Embaixada.

Antes do início da lembrança na própria sede diplomática russa, tudo tinha começado alguns minutos antes das 15 h e apenas um quarteirão de lá, na Praça Leão Tolstoi, na qual ergue-se o monumento em lembrança do escritor que ficou contornado pelos russos, uruguaios envolvidos com as atividades da Embaixada, a imprensa e alunos das escolas de Montevidéu que tem a ver de um jeito ou do outro com a Rússia.

Na hora que o Correspondente Pravda cumprimentava o Sr. Embaixador Koshkin, se despedindo, tivemos o privilégio de receber dois presentinhos que valorizamos muito. As flâmulas russa e uruguaia unidas pelos mastros e o escudo russo que daqui para frente vão ser parte do meu terno nas reuniões.

O Dr. Dmitry V. Belov, Conselheiro Político da Embaixada, do lado do Embaixador Koshkin, desejou para o Pravda sucesso neste processo de trabalho no Uruguai.

Correspondente PRAVDA.ru

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai


Loading. Please wait...

Fotos popular