Pravda.ru

Sociedade » Cultura

"Urso de Ouro" parte para China

18.02.2007
 
"Urso de Ouro" parte para China

O Urso de Ouro do Festival Internacional de Cinema de Berlim foi hoje atribuído ao filme "O casamento de Tuya" , do realizador chinês Wang Quan'an, anunciou a organização do evento.  Se trata de uma mulher que luta para sustentar a família nas estepes do interior da Mongólia.

 O Urso de Ouro de melhor filme é uma segunda vitória para o cinema chinês em festivais europeus, após "Still Life" conquistar o Leão de Ouro em Veneza, em setembro. O casamento de Tuya tem como cenário a rápida desertificação de partes remotas na China, forçando pastores a migrarem para as cidades.

" Acho que isso é importante, especialmente nessa época quando a economia está crescendo, ponderar e refletir sobre o que estamos perdendo", disse o diretor Wang Quan'an sobre "Tuya's Marriage".

"Uma vez que tenhamos perdido (cultura e tradição), nunca poderemos recuperá-las", afirmou ele a jornalistas, após a cerimônia do prêmio.

"Os melhores filmes não são aqueles que resolvem problemas ou dão respostas, mas aqueles que simplesmente mostram coisas como elas são...isso retrata a vida de forma autêntica. Isso significa começarmos a pensar sobre as vidas de outras pessoas."

A escolha causou um pouco de surpresa em jornalistas e críticos que acompanharam a maratona de 10 dias de filmes em Berlim, que não teve fortes favoritos entre os 22 filmes da competição principal. Muitos apostavam no alemão "The Counterfeiters", um drama da era nazista, e no britânico "Irina Palm", comédia com a cantora e atriz Marianne Faithfull, escreve Reuters.

O júri desta 57ª edição do festival atribuiu ao realizador israelita Joseph Cedar o Urso de Prata pela direcção do filme Beaufort .

O Urso de Prata para melhor actor foi atribuído ao argentino Julio Chávez pelo seu desempenho na película El Outro , do realizador argentino Ariel Rotter.

O Urso de Prata para melhor actriz foi conquistado pela alemã Nina Hoss pela sua interpretação no filme Yella , de Christian Petzold.

 O brasileiro "O Ano em que Meus Pais saíram de Férias", do diretor Cao Hamburger, sobre a ditadura militar brasileira vista pelos olhos de um menino, também concorria no Festival

A decorrer desde 8 de Fevereiro em Berlim, o festival de cinema, que rivaliza com Cannes e Veneza como um dos mais importantes do mundo, exibiu 373 filmes de todos os continentes.


Loading. Please wait...

Fotos popular