Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Lipe Pinheiro, o dançarino joinvilense ganha bolsa de estudos na Áustria

15.08.2008
 
Lipe Pinheiro, o dançarino joinvilense ganha bolsa de estudos na Áustria

Tivemos o grande privilégio de conhecer o Lipe sendo criança e tratava-se de um mocinho adorável.

Lipe nasceu em Joinville o dia 29 de Março de 1991, numa sexta feira santa, vésperas de Páscoa. Em 2000, ele participou da seletiva para o Bale Bolshoi que tem sede nessa cidade para América Latina, tendo sido selecionado e dando início á sua carreira em 2001.

Hoje tendo completado dezessete anos e passado sete desses na Escola de Bale Bolshoi, não para de dizer que essa Escola foi sua segunda família valorizando cada segundo de vida curtido lá, mesmo agora que fica longe de Joinville.

Em 2007 ele participou de seu primeiro curso, concurso internacional de dança, com participação de 250 bailarinos em Brasília, é foi lá que ele ganhou a Bolsa de Estudos para a Escola de Ópera de Viena na Áustria.

Nessa tal Bolsa de Estudos estava incluso, curso, alimentação e transporte da Escola ao internato mas houve um grande esforço feito por todos os amigos e parentes tentando que o objetivo do Lipe acabasse se conquistando. Fizemos uma rifa de uma TV, para levantar dinheiro para a passagem e o seguro-estudante, aliás, roupas de frio, etc. Com extrema alegria tivemos que organizarmos financeiramente, acabou remarcando sua mãezinha, Raquel.

Lipe partiu rumo aos seus objetivos com muita garra, e certo de que estava deixando o Bolshoi no Brasil, faltando apenas um ano para concluir o curso. Sua decisão foi tomada com muita cautela, afinal não completou a maioridade e ficar tão longe da família, amigos e professores, não é fácil.

Quanto á professores tem a ver, é bom salientar a importância que teve para ele o Prof. Jair Morais, que foi o que ensaiou gratuitamente e muito o motivou para participar do concurso em Brasília e por quem Felipe tem um carinho muito fraterno, confirmou Raquel.

O amado filhote da Raquel é o Filipe José Pinheiro, que mata sua saudade de tudo e todos escrevendo e respondendo correios eletrônicos tendo se adaptado ao clima frio da Áustria e compartilhando que está sentindo-se muito satisfeito.

Seu dia a dia lá na Escola deu início com Balé Clássico e Contemporâneo mas antes da sua saída nada ficou sem se planejar, pois fez quatro meses de curso de alemão para se preparar melhor á partir que ele tivesse sentido ter feito pouso nessa nova vida.

Com certeza o mocinho terá levando uma camisa da CBF nas malas e agora sem falar nada e calcorreando pelas “Strasse” da Áustria, seu andar elegante vai falar mais alto e verde-amarelo da gema vai mostrar seu sangue azul não só nos palcos senão nas ruas da capital da Euro 2008. Da terrinha do futebol penta-campeã na terçã 18 de Março e com destino á felicidade decolou um mocinho que daqui a pouco vai trazer mais títulos internacionais para o Brasil todo pulando alto na “grande ária” da vida.

Quanto á esporte se refer, um catarinense famoso como Guga Kuerten acabou de pendurar os tênis no Roland Garros com o reconhecimento do povo francês e o mundo inteiro faz alguns meses.

Uma outra maravilha do ambiente do Balé como o argentino Julio Bocca despediu-se dos palcos com 40 anos em Dezembro retrasado no Teatro Solís de Montevidéu fora Argentina e logo no Teatro Colón de Buenos Aires mas um outro está nascendo neste ambiente só que acabou de ligar o interruptor que vai sustentá-lo no ar pelo mínimo por mais dois decênios e no coração do povo brasileiro e amadores desta arte do mais fino pulo que alguém pudesse imaginar até a eternidade.

O parafuso humano joinvilense não esquece que é fiel representante do Brasil.

Desejos de sucesso do Pravda e deste Correspondente para um brasileiro campeão !!!

Correspondente PRAVDA.ru

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai


Loading. Please wait...

Fotos popular