Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Violência doméstica no palco d'A Escola da Noite‏

12.09.2015
 
Violência doméstica no palco d'A Escola da Noite‏. 22909.jpeg

A Escola da Noite estreia no próximo dia 17 de Setembro "A Canoa", de Cándido Pazó. O espectáculo é dirigido pelo próprio autor e tem como tema central a violência doméstica. Ao longo da temporada, a companhia de Coimbra realiza também algumas sessões especiais para o público escolar.

Escrita a partir de uma história meio absurda - o desconforto de um homem com o facto de o vizinho guardar uma canoa no seu lugar de garagem - "A Canoa" aborda o fenómeno da violência doméstica e a forma como ele se relaciona com os quadros de valores em que nos movemos, não apenas a partir de "uma chave emocional, mas também racional".


A abordagem a uma questão tão sensível como esta é feita com o humor que caracteriza todos os espectáculos de Pazó - com o "humor que a vida sempre nos oferece, mesmo nas situações mais dramáticas", explica o autor. Falando sobre a alternância entre momentos mais tensos e mais calmos que caracteriza esta peça, Cándido Pazó concretiza: "interessa-me que o público respire e que possa retomar o discurso e divertir-se com a peça".


Com um elenco de cinco actores - Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash e Sofia Lobo - o espectáculo inclui na sua ficha artística os galegos Afonso Castro (iluminação) e Manuel Riveiro Hermo (música) e os colaboradores habituais da companhia João Mendes Ribeiro e Luisa Bebiano (cenografia), Ana Rosa Assunção (figurinos e adereços) e Eduardo Pinto. Cristina Janicas (assistência de encenação) e Catarina Moura (voz off) completam a equipa criativa da mais recente produção d'A Escola da Noite.


"A Canoa" estreia a 17 de Setembro e mantém-se em cena até 18 de Outubro, de quinta a domingo (excepto no dia 4 de Outubro, devido à realização das Eleições Legislativas).

Espectáculos para escolas
A Escola da Noite aproveita a oportunidade e o tema central do espectáculo para voltar a receber o público escolar no Teatro da Cerca de São Bernardo. Entre 30 de Setembro e 17 de Outubro, de quarta a sexta-feira, realiza sessões especiais durante o dia (11h00 ou 15h00), para as quais já é possível efectuar reservas. Entre 24 e 26 de Novembro, na semana em que se assinala o Dia Internacional pela Violência Doméstica, o espectáculo voltará a estar disponível para as escolas da região, numa mini-temporada de 8 sessões, também em horário diurno.


Nas sessões especiais para escolas, o preço é de 3 Euros por aluno, com entrada gratuita para professores acompanhantes e alunos abrangidos pelo escalão A da Acção Social Escolar (ASE). Em todas elas, como habitualmente, haverá lugar para conversas informais entre alunos, professores e actores no final do espectáculo.

A Canoa de Cándido Pazó

Texto e encenação Cándido Pazó tradução Cándido Pazó e Sofia Lobo interpretação Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash, Sofia Lobo cenografia João Mendes Ribeiro e Luisa Bebiano figurinos, adereços e imagem gráfica Ana Rosa Assunção iluminação Afonso Castro música Manuel Riveiro Hermo vídeo Eduardo Pinto assistência de encenação Cristina Janicas voz-off Catarina Moura montagem e operação técnica Rui Valente e Zé Diogo produção Pedro Rodrigues assistência de produção Nilce Vicente

M/14 > 1h40'

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo

17 de Setembro a 18 de Outubro

 

Pedro Rodrigues
A Escola da Noite - Grupo de Teatro de Coimbra
Teatro da Cerca de São Bernardo


Loading. Please wait...

Fotos popular