Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Lima será sede de encontro internacional indígena

08.07.2013
 
Lima será sede de encontro internacional indígena. 18483.jpeg

 

Lima acolherá de 7 a 13 de julho a Jornada Internacional"Povos Indígenas e Direitos", uma das últimas a realizar-se no país antes da Conferência Mundial dos Povos Indígenas, que celebrará as Nações Unidas em 2014. O encontro reunirá líderes indígenas de mais de 20 países da América Latina e Caribe.

Chirapaq
Adital


"Se faz necessário construir pontes entre as diferentes organizações indígenas, tanto do interior do nosso país como no cenário internacional, para dialogar e acordar em torno de temas e processos que nos envolvem, mas sobre os quais temos diferentes pontos de vista", assinalam suas organizações.


A reunião colocará uma ênfase especial sobre a situação da juventude indígena. Em nível de Peru, jovens andinos e amazônicos realizarão um encontro nacional em que definirão sua articulação e agenda, além da consolidação de uma rede que represente a juventude indígena diante do Estado.


A educação será um dos pontos a serem analisados, pois, através de um recente estudo, foi comprovado que os estudantes de origem indígena demoram três anos ou mais que a média dos demais jovens para concluir uma carreira universitária. Ainda assim, serão colhidos testemunhos sobre como uma educação de baixa qualidade está contribuindo para a perda da identidade entre a juventude indígena.


Na reunião estarão presentes jovens da Bolívia, Colômbia, Brasil, Costa Rica, Chile, El Salvador, Guatemala, Venezuela, Equador, Panamá, México e Honduras. Sua meta será elaborar propostas conjuntas rumo à Conferência Internacional sobre População em Desenvolvimento, conhecida como Cairo+20 e a Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe, ambas a serem realizadas ainda este ano.


Comunicadores indígenas dos ditos países refletirão sobre os avanços e desafios dos povos indígenas para contar com meios de comunicação próprios e exercer seu direito à liberdade de expressão para a defesa de seus povos e territórios. Na ocasião, se projetará, em qualidade de estreia o curta-metragem "Nuestras Voces al Infinito", o qual coleta algumas dessas experiências.


As atividades serão encerradas na sexta, 12 de julho, com um fórum público na sede do Instituto e estudos Peruanos IEP (Horacio Urteaga 694, Jesús María). Entre os convidados estão Patricia Salas, Ministra da Educação, Mirna Cunningham, representante do Fórum permanente de Assuntos Indígenas da ONU e Gerardo Jumí, presidente da Coordenação Andina de Organizações Indígenas CAOI.
A jornada internacional é organizada pelo Centro de Culturas Indígenas do Peru (CHIRAPAQ), e o Enlace Continental de Mulheres Indígenas das Américas (ECMIA), com o apoio da Fundação Ford, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e o IEP.


CHIRAPAQ e ECMIA vivem fortalecendo alianças em nível continental para o exercício de direitos, a construção de processos de participação e no desenvolvimento de lideranças juvenis e femininas para a participação soberana na construção de sociedades efetivamente democráticas e inclusivas.


CHIRAPAQ é uma associação indígena que há mais de 25 anos promove a afirmação da identidade e o reconhecimento dos direitos dos povos indígenas. Fazem parte do movimento indígena internacional e influenciam na construção de políticas em nível nacional e internacional.


O ECMIA é uma rede de organizações indígenas, presentes nas três Américas, cujo objetivo é fomentar a participação e visibilidade das mulheres e dos jovens como protagonistas na defesa do exercício pleno de seus direitos e de seus povos.


Jornada Internacional: Pueblos Indígenas y Derechos
http://www.chirapaq.org.pe/noticias/lima-sera-sede-de-encuentro-internacional-indigena
http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=4883eb035654015a505873cecfb93c1c&cod=11910


Loading. Please wait...

Fotos popular