Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Vânia Couto e Cendrev no TCSB em Fevereiro‏

08.02.2016
 
Vânia Couto e Cendrev no TCSB em Fevereiro‏. 23746.jpeg

A estreia de Vânia Couto nos "Sábados para a infância" e o regresso do Cendrev a Coimbra, com um espectáculo vicentino, são os destaques da programação de Fevereiro no Teatro da Cerca de São Bernardo, depois do (já esgotado) concerto de "Os Quatro e Meia".


A equipa de artistas que tem dinamizado os "Sábados para a infância no TCSB" acaba de ser reforçada com a entrada da cantora Vânia Couto, que se estreia com o "Catra... Pum!!!", um espectáculo de teatro e música, dinâmico e interactivo.
Através da personagem "Catrapum", Vânia propõe aos espectadores de todas as idades (M/3), uma viagem pelo mundo real e imaginário: "um hospital de instrumentos que se transforma numa casa de fados, os ruídos das grandes cidades, o vento no topo de uma montanha, uma vela de um barco que não é um barco mas que vai navegar, um mar que se move e que soa dentro do público, por entre o público..." Uma viagem pelos sons, acrescenta a intérprete, que vai "desde o som cru até à música construída, através de paisagens sonoras, músicas tradicionais do mundo, misturando a electrónica e os sons acústicos, entre um cenário que se move e se multiplica".

Vânia Couto e o projecto Catrapum Catrapeia
Conhecida do grande público como a voz dos Pensão Flor e do projecto Macadame, Vânia Couto participou desde muito jovem em associações de música e de teatro amador. Em Coimbra (onde estudou Psicologia), a paixão cresceu através do contacto com diversos organismos culturais: entrou para o GEFAC (Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra) em 2006, onde descobriu as raízes da música portuguesa; foi uma das fundadoras da Tuna da FPCEUC e participou ainda em diferentes eventos culturais académicos. Fez formação em guitarra e voz no curso de jazz da Escola Sítio de Sons e realizou o Curso de Animadores Musicais da Casa da Música do Porto, no âmbito do projeto Sonópolis, vocacionado para o trabalho com comunidades. Actualmente, lecciona expressão musical e dramática a alunos do ensino básico, pré-escolar e creche e frequenta o Curso de Pedagogia Musical de Jos Wuytack, uma prestigiada metodologia educativa para crianças dos 6 aos 10 anos.
Com o projecto Catrapum Catrapeia, dinamiza oficinas e espectáculos de expressão musical e dramática, para pequenos e graúdos, numa participação activa e didáctica. "Catra... pum!!!" é o espectáculo que construiu para toda a família e que agora chega finalmente ao TCSB. No âmbito do programa "Sábados para a infância", o espectáuclo será apresentado a 13 de Fevereiro, pelas 11h00. Os bilhetes já estão à venda e custam entre 2,5 Euros (crianças até aos 12 anos) e 5 Euros (maiores de 12 anos). A Escola da Noite aconselha a reserva prévia de lugares, pelos contactos habituais do Teatro: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

CENDREV regressa com Gil Vicente
No final do mês, o CENDREV - Centro Dramático de Évora regressa à casa d'A Escola da Noite, no quadro das relações de intercâmbio que as duas companhias mantêm há muitos anos. Os dois grupos partilham o gosto pelo teatro vicentino e é precisamente uma peça de Gil Vicente que a trupe eborense traz desta vez na bagagem. "Estes autos que ora vereis", encenado por Rosário Gonzaga, reúne excertos de várias conhecidas peças de Vicente e será apresentado para o público em geral nos dias 27 e 28 (sábado às 21h30 e domingo às 16h00), depois de dois dias dedicados ao público escolar (nos dias 25 e 26 haverá sessões especiais para escolas, em horário diurno, para as quais já é possível reservar lugares). Do elenco deste espectáculo do Cendrev, estreado em 2015, fazem parte, para além da própria encenadora, os actores Jorge Baião e Maria Marrafa.

Dança, música, tipografia e contos
Mas há muito mais para ver no TCSB ao longo de Fevereiro, depois de uma primeira semana preenchida com sessões para escolas de "A Canoa" (pel'A Escola da Noite) e de "Costurar cantigas e histórias da nossa memória" (Taleguinho) e com o concerto "Acústico, como Sempre", do grupo "Os Quatro e meia" (esgotado).
Ainda nos "Sábados para a infância", Leonor Barata dirige no dia 6 a oficina "Dança para pais e filhos" (esgotada desde Janeiro, mas com nova edição agendada para 5 de Março), Joana Monteiro conduz uma oficina de animação tipográfica no dia 20 e Cláudia Sousa abre a sua mala dos livros, como habitualmente, no último sábado do mês (dia 27).

Coimbra - Teatro da Cerca de São Bernardo

 


Loading. Please wait...

Fotos popular