Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Portugueses filmaram drama sobre escrava russa

06.11.2007
 
Portugueses filmaram drama sobre escrava russa

 A portuguesa Teresa Villaverde filmou  uma drama  "Transe" sobre uma  "escrava russa". O filme é o olhar e o corpo assuado de Ana Moreira, escreve  Jornal de Notícias.

 "Transe" é a história de Sónia,  jovem, 20, que se decide deixar um amigo e a família em São Petersburgo sem olhar para trás. É uma mulher que irá experimentar a ilusão de uma nova vida e o imenso despenhadeiro daqueles a quem a vida não tem nada para oferecer. Percorrendo a sua via sacra no interior da Europa, através da Rússia, Alemanha, Itália, até acabar no extremo oposto, Portugal, Sónia irá arcar toda a miséria e degradação que o tráfico da exploração dos fracos provoca.


É a história de uma Europa rachada - e do Mundo. "O Inferno é um cão a ladrar lá fora", disse Santa Teresa de Ávila para Teresa Villaverde repetir "Estamos no princípio do século XXI e ainda não nos livramos da tortura, da escravatura, do genocídio".

Com um plano formal ambicioso quanto à negrura que quer transportar para o ecrã - a luz não é frequente na figuração do sujo e do pecado; as imagens vivem imersas da sombra -, "Transe" encontra uma actriz em total comprometimento com o filme.

 Ana Moreira, 25 anos, preparação de um ano só para aprender a falar e escrever russo. "Sónia tomou conta de mim", disse ao JN, relembrando os três meses consecutivos de rodagem. "Senti que entrou em mim em São Petersburgo, e cresceu até parecer que tem o dobro do meu tamanho. Foi muito duro".

Antítese do 'american dream' cinematográfico que a maioria do mercado mundial consome, "Transe" é um objecto minoritário, corajoso, que se crava no espectador pela originalidade da sua narrativa de combustão lenta e ideias frontais. Mas só seria humanamente possível ao filme sustentar a crueza do seu assunto - uma mulher metida num inferno a que não pertence mas do qual não consegue escapar - com um tipo de abordagem estética o total distanciamento, com a câmara fixa em quadros largos que se montam em intersecção com os planos do suor dos actores.

Levado a Cannes pela Clap Filmes, "Transe" é o filme que faz reaparecer o produtor Paulo Branco.


Loading. Please wait...

Fotos popular