Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Nova edição da revista 'Estudos Avançados' analisa mercado de trabalho brasileiro

06.09.2016
 
Nova edição da revista 'Estudos Avançados' analisa mercado de trabalho brasileiro. 25038.jpeg

"Mercado de Trabalho" é o tema do dossiê da edição 87 da revista "Estudos Avançados", que terá a versão impressa distribuída na última semana de agosto. O número contém outras duas seções temáticas: "Energia e Ambiente" e "Cultura e Política" (veja o sumário abaixo). Os artigos já estão disponíveis na SciELO.

Com sete artigos de historiadores, sociólogos e economistas, o dossiê dá continuidade à discussão iniciada em edição anterior, que tratou do desemprego. O artigo de abertura, de Alexandre de Freitas Barbosa, do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, traça as características gerais do processo de formação do mercado do trabalho no Brasil. O panorama analisado por ele vai do período colonial ao final do processo de industrialização (1930-80).

O conjunto de textos também analisa questões específicas, como o trabalho no Nordeste, os efeitos da recessão econômica, a retração da proteção social do trabalhador e a desigualdade na divisão sexual do trabalho.

A seção "Energia e Ambiente" contém cinco artigos sobre programas energéticos nacionais e "o convívio nem sempre fácil de ideais ecológicos e políticas de crescimento", como afirma o editor da revista, Alfredo Bosi.

Este segundo aspecto é discutido em artigo de Helena Margarido Moreira e Wagner Costa Ribeiro sobre a postura da China nas negociações sobre mudanças climáticas. Os autores comentam que a China busca garantir o princípio de responsabilidades diferenciadas e ser classificada como país em desenvolvimento, evitando comprometer seus objetivos domésticos de desenvolvimento econômico.

No mesmo bloco há textos sobre a interação da botânica e da geografia com instâncias antropológicas e ambientais.

Os artigos da seção "Cultura e Política" tratam de temas polêmicos das ciências sociais na atualidade: o multiculturalismo visto sob o prisma da dialética do universal e do particular; a análise dos protestos de junho de 2013 no Brasil a partir da perspectiva da cultura política do consumo; o debate sobre as relações entre ciência, expertise e democracia; e o tratamento dado pela mídia à Lei de Cotas.

A seção também traz um histórico dos 25 anos de atuação da Escola de Governo, instituição dedicada a explicar o mecanismo de funcionamento das instituições políticas e a colaborar com a correção dos rumos da vida política brasileira, segundo um de seus fundadores, o jurista Fábio Konder Comparato.

A edição se completa com textos que tratam do povo indígena Arara Karo, de complexidade computacional e de livros sobre Walter Benjamin e o Haiti.

Fonte

 por Mauro Bellesa


Loading. Please wait...

Fotos popular