Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Escola da Noite: Cinzas

06.03.2019
 
Escola da Noite: Cinzas. 30558.jpeg

A Escola da Noite inicia esta semana a digressão de "Cinzas...", de Harold Pinter, com encenação de Rogério de Carvalho. A primeira apresentação "fora de portas" acontece a 9 de Março, sábado, no Auditório do Teatro das Beiras, na Covilhã.

Nos dois dias anteriores, acolhe no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, "Fantasmas?", co-produção do Centro Dramático de Évora com o TEatroensaio, a partir de um texto de Eduardo de Filippo. Ainda no âmbito da programação do TCSB, os Sábados para a Infância propõem uma nova sessão de "Flores de Livro", a leitura de histórias para os mais novos, concebida e dirigida por Cláudia Sousa.

 

CINZAS... NA COVILHÃ

Terminada a sua segunda temporada em Coimbra, o espectáculo "Cinzas..." inicia agora a sua digressão nacional, com uma primeira paragem no Auditório do Teatro das Beiras, na Covilhã, marcada para o dia 9 de Março, sábado, às 21h30. A peça é a mais recente criação d'A Escola da Noite e reúne quatro peças de Harold Pinter (1930-2008): "A Black and White" (1959), "Língua da Montanha" (1988), "A Nova Ordem Mundial" (1991) e "Cinza às Cinzas" (1996), que possibilitam uma visão panorâmica do universo do dramaturgo inglês, distinguido em 2005 com o Prémio Nobel da Literatura.

Nestas quatro peças o espectador é confrontado com diferentes situações de opressão e violência - refinada ou brutal; íntima, social ou de Estado; física ou psicológica. Sem referências explícitas a tempos e lugares, elas conduzem-nos a cenários de pobreza, de tortura, de humilhações, de desamparo dos mais fracos perante várias formas de agressão.

Em "A Black and White", duas idosas abrigam-se da cidade grande na leitaria onde diariamente comem a sua sopa e entretêm-se a ver passar os autocarros; em "Língua da Montanha", outras duas mulheres visitam os seus familiares numa prisão política onde são proibidas de falar a sua própria língua; "A Nova Ordem Mundial" torna-nos testemunhas de um interrogatório cuja brutalidade radica exclusivamente nas palavras proferidas frente ao prisioneiro de olhos vendados; "Cinza às Cinzas" convida-nos a entrar numa sala de estar onde um casal de meia idade em conversa doméstica nos desvenda memórias (reais ou imaginárias) de um horror inominável.

Dirigida por Rogério de Carvalho, o espectáculo conta com as interpretações de Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash e Sofia Lobo, espaço cénico de Ana Rosa Assunção, Jorge Ribeiro e Rogério de Carvalho, figurinos e adereços de Ana Rosa Assunção, desenho de luz de Jorge Ribeiro e sonoplastia de Rogério de Carvalho e Zé Diogo.

Para a sessão na Covilhã, os bilhetes custam entre 3 e 6 Euros e podem ser reservados através dos contactos 275 336 163 / geral@teatrodasbeiras.pt.

 

COMÉDIA DE DE FILIPPO NO TCSB

A 7 e 8 de Março (quinta e sexta-feira), A Escola da Noite acolhe no TCSB o espectáculo "Fantasmas?", uma co-produção do Cendrev com o Teatroensaio, construída a partir do texto original do actor, cineasta e dramaturgo italiano Eduardo de Filippo (1900-1984). A comédia  coloca em cena "um jogo de enganos e descobertas" e "recorre à ilusão como álibi para as traições da vida quotidiana e da luta pela sobrevivência, numa Itália logo após a segunda guerra mundial", adiantam as companhias. Encenado por Pedro Estorninho, o espectáculo "não se limita a explorar os temas típicos da comédia popular nem tem apenas como fim a diversão e o riso", explorando "a angústia do homem diante de sua própria decadência".

"Fantasmas?" estreou em 2018 no Teatro Garcia de Resende e encontra-se agora em digressão nacional. As sessões em Coimbra são às 21h30 e os bilhetes custam 10 Euros, mas na quinta-feira é aplicável a campanha "Quintas no Teatro", que oferece o preço único de 5 Euros. É possível efectuar reservas pelos contactos habituais do Teatro.

 

FLORES DE LIVRO

Nos "Sábados para a infância" - o espaço de programação que todos os sábados oferece propostas artísticas para as crianças e as famílias da cidade - é a vez de Cláudia Sousa dinamizar uma nova sessão de "Flores de Livro - leitura de contos para a infância". Nas almofadas azuis dispostas em roda no chão da Livraria do teatro voltarão a ouvir-se algumas das histórias escolhidas pela animadora sócio-educativa, num ambiente muito informal e de grande proximidade que favorece o contacto de miúdos e graúdos com o livro enquanto objecto.

No final, os participantes são convidados a fazer desenhos a partir dos livros que manusearam e podem até requisitar um exemplar para levar para casa até à próxima sessão, sem quaisquer custos.

A leitura destina-se a crianças a partir dos dois anos e tem o custo de 3 Euros (participante individual) ou de 5 Euros (adulto + criança). É possível efectuar reserva pelos contactos habituais do Teatro.

 

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo

informações e reservas:

239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

 


Fotos popular