Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Almada Negreiros na Universidade de Lisboa

05.11.2007
 
Almada Negreiros na Universidade de Lisboa

No passado mês de Junho a viúva do Dr. António Manuel Gouveia de Almeida fez a doação de dez mil euros, o que permitiu à Reitoria adquirir os originais dos desenhos de Almada Negreiros que serviram de base aos desenhos incisos do mesmo autor que se encontram na fachada da Reitoria da Universidade de Lisboa. Trata-se de um investimento que vem enriquecer o património e prestigiar a Universidade, ligando-a de forma indelével ao nome do seu ilustre mecenas, diplomado pela Faculdade de Letras.

António Manuel Gouveia de Almeida (Castelo Melhor, 1921 – Oeiras, 2005) tem os primeiros anos de vida marcados pela sua proveniência familiar, uma burguesia rural com uma cultura acima da média. Em 1933, vem para Lisboa para prosseguir a sua formação escolar, no Instituto dos Pupilos do Exército, onde completou o Ensino Secundário. Conhece a sua companheira de sempre, Flora Neonildes Adelaide Monteiro Rodrigues, com quem viria a casar em 1950.

No então Instituto Comercial de Lisboa concluiu, em 1952, o curso de Contabilidade e, na Universidade de Lisboa, o Curso de Ciências Pedagógicas da Faculdade de Letras. O desejo de saber mais, leva-o a viajar intensamente, e a concluir a licenciatura em Ciências Político Sociais, em 1977.

Homem de vasta cultura, autodidacta, de múltiplos interesses, principalmente na área político-social, acreditando que o Socialismo era o paradigma de organização ideal das sociedades assumiu uma postura de vida que incomodou, desde jovem, o sistema político vigente. Estudou, nos últimos anos de vida, com particular interesse, a história dos povos e suas religiões, pintura, escultura e retrato, artes que cultivou até ao fim.)


Loading. Please wait...

Fotos popular