Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Dias da Rússia em São Paulo

04.11.2008
 
Dias da Rússia em São Paulo

A cidade de São Paulo e a sua comunidade russa prestigiaram esse mês o projeto Dni Rossii v Latinski Amerike ou Dias da Rússia na América Latina, o projeto foi organizado pelo centro russo de cooperação científica e cultural internacional do Ministério das Relações Exteriores da Rússia – Roszarubezhtsentr, com apoio do MID, do ministério da cultura russo, e da Igreja Ortodoxa do patriarcado de Moscou.

O objetivo do projeto é consolidar as relações políticas, comerciais, econômicas, culturais, cientificas, espirituais e sociais entre a Rússia e os países da América Latina, além de promover a imagem da Rússia moderna na elevação do dinamismo econômico do leste europeu.

Depois das delegações políticas e religiosas terem passado por Cuba, onde foi erigida uma Catedral da Igreja Ortodoxa Russa sendo essa a primeira em Cuba, o evento das Jornadas da Rússia seguiu para a Costa Rica e posteriormente para o Brasil, as Jornadas da Rússia no Brasil tiveram início no Rio de Janeiro, aonde chegou a delegação chefiada pelo Primeiro-Hierarca da Igreja Ortodoxa Russa no Estrangeiro (IORE), Metropolita da América Oriental e de Nova Iorque Ilarion. No aeroporto os Prelados e Sacerdotes da IOR e da IORE, representantes do MRE da Rússia, do Roszarubezhtsentr, da Fundação de Apoio aos Compatriotas e Empresários foram recebidos pelo Cônsul Geral da Rússia no Rio de Janeiro, Aleksey Labetskiy. No dia 24 de outubro, juntou-se aos participantes do programa "Jornadas da Rússia nos países da América Latina" o chefe da Rossatom, Serguey Kirienko.

Transcorridos os eventos do Rio de Janeiro as Jornadas seguiram para São Paulo dias 27 e 28 de outubro, onde ocorreu o encontro entre o clero, o corpo diplomático, o metropolita da Argentina e da América do Sul Platon, o qual frisou que o projeto está voltado para evidenciar a “alma da Rússia” e o renascimento da fé Ortodoxa. Foi efetuada uma divina liturgia na catedral do Patriarcado de Antioquia, o maior templo ortodoxo de São Paulo, o oficio foi chefiado pelo primeiro hierarca da Igreja Ortodoxa Russa no Extrangeiro, Metropolita da América Oriental e de Nova Iorque Ilarion. Também participaram da liturgia o metropolita de São Paulo e de todo o Brasil Damaskinos do Patriarcado de Antioquia, o metropolita da Argentina e da América do Sul Platon, além dos representantes políticos e emigrante, cerca de 300 pessoas.

A reunião com os compatriotas concentrou-se em temas relacionados ao apoio das atividades de todos os níveis da comunidade russa de São Paulo além do apoio da Casa Russa para os idosos russos imigrantes, participaram os representantes Dimitry Dalmatov do Roszarubezhtsentr, Igor Chnee da Casa Russa de Idosos, Tamara Kalinin presidente do Círculo Cultural Nadejda –Grupo folclórico Troyka, Tamara Gers presidente do Grupo Volga. Amplas atividades e eventos têm sido desenvolvidos pela comunidade russa e a reunião dos compatriotas foi uma oportunidade construtiva para apresentar os trabalhos desenvolvidos e o grau de desenvolvimento e dinamismo que a comunidade está conseguindo na manutenção da cultura e tradições russas bem como na integração com a sociedade paulista.

A cidade de São Paulo também recebeu o a exposição “Rus Ortodoxa” e “A Rússia Moderna” onde foram expostos trabalhos sobre o atual panorama da Rússia e da estrutura da Igreja Ortodoxa.

Um dos eventos mais emblemáticos foi à recepção e apresentação do coro de Sretenskyi de Moscou no mosteiro São Bento em São Paulo , a apresentação contou com a participação dos representantes consulares e políticos, Cônsul Geral Anatoly Kapko, Dimitry Dalmatov do Roszarubezhtsentr, todos representantes da Igreja Ortodoxa acima citados e também o Metropolita Gregor Petrenko da Igreja Ortodoxa da Vila Alpina, Tamara Kalinin do Círculo Cultural Nadejda, Dimas Melo do Círculo Cultural Nadejda/ Jornal Vestnik/ Jornal Pravda, Igor Chnee da Casa dos Idosos, Tâmara Gers do Volga além de representantes das comunidades do Rio de Janeiro de Rio Grande do Sul. A apresentação do coro foi ovacionada e aplaudida de pé o que demonstrou que a fé ortodoxa tocou todos os presentes profundamente na alma dado a incrível qualidade do coral e simbolismo com que os solistas desempenharam seus solos.

Dimas Melo Alencar

Relações Internacionais

dimasbr@pravda.ru 


Loading. Please wait...

Fotos popular