Pravda.ru

Sociedade » Cultura

TCSB: Teatro, cinema, literatura e música em destaque

04.02.2019
 
TCSB: Teatro, cinema, literatura e música em destaque. 30383.jpeg

A nova temporada de "Cinzas...", o espectáculo que Rogério de Carvalho encenou para A Escola da Noite com quatro textos de Harold Pinter, é o principal destaque de Fevereiro no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra.


Nos Sábados para a Infância, a ilustração ocupa lugar de relevo, com a especialíssima apresentação do mais recente livro de João Pedro Mésseder e Rachel Caiano - "Canções do Ar e das Coisas Altas" - e a visita de Ana Biscaia à obra de Charles Perrault, autor de algumas das histórias que marcam sucessivas gerações de crianças há mais de 300 anos.
Pelo palco do TCSB passarão ainda a Amazing Arts, com a ópera "Bastien & Bastienne", e os primeiros momentos do ciclo de cinema "Guiné-Bissau, 46", entre outras iniciativas.


CINZAS...
Estreado em Maio de 2018, "Cinzas..." é a mais recente criação d'A Escola da Noite. Reúne quatro peças do dramaturgo inglês Harold Pinter (1930-2008), escritas em momentos distintos da carreira do autor: "A Black and White" (1959), "Língua da Montanha" (1988), "A Nova Ordem Mundial" (1991) e "Cinza às Cinzas" (1996). Em todas elas encontramos personagens confrontadas com diferentes formas de opressão e violência - refinada ou brutal; íntima, social ou de Estado; física ou psicológica.


Sem referências explícitas a tempos e lugares e assentes nos notáveis diálogos que marcam a obra de Pinter, os quatro textos seleccionados visitam cenários de pobreza, de tortura, de humilhações, de desamparo dos mais fracos perante várias formas de agressão com as quais todas as sociedades convivem. Duas idosas que se abrigam da cidade grande na leitaria onde diariamente comem a sua sopa e se entretêm a ver passar os autocarros, a mãe e a mulher que visitam os seus familiares na prisão política, a conversa dos interrogadores frente ao interrogado que os escuta de olhos vendados e a conversa doméstica de um casal de meia idade que desvenda memórias (reais ou imaginárias) do horror inominável são os quatro pontos de partida para aquela que é a primeira incursão d'A Escola da Noite no universo de Harold Pinter.


Com espaço cénico de Ana Rosa Assunção, Jorge Ribeiro e Rogério de Carvalho, figurinos e adereços de Ana Rosa Assunção, desenho de luz de Jorge Ribeiro e sonoplastia de Rogério de Carvalho e Zé Diogo, o espectáculo conta com as interpretações de Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash e Sofia Lobo. 
A nova temporada em Coimbra, que antecede a circulação nacional do espectáculo, ocorre entre 21 de Fevereiro e 3 de Março, com sessões de quinta a sábado às 21h30 e aos domingos às 16h00. Os bilhetes custam entre 5 e 10 Euros e podem ser reservados pelos contactos habituais do TCSB: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

SÁBADOS PARA A INFÂNCIA
A literatura e a ilustração voltam a assumir um lugar de destaque na programação dos Sábados para a Infância. O mês começa com a habitual sessão de "Flores de Livro", por Cláudia Sousa (dia 2, às 11h00), prossegue com a oficina de música e literatura "Música nas entrelinhas", de Vânia Couto (dia 9, à mesma hora), e termina com duas oficinas de ilustração, dirigidas por Rachel Caiano e Ana Biscaia.


A 16 de Fevereiro, A Escola da Noite organiza a apresentação em Coimbra do livro "Canções do Ar e das Coisas Altas", a obra mais recente de uma dupla que o público do TCSB conhece bem: João Pedro Mésseder e Rachel Caiano. Os autores vêm ao Teatro e propõem uma "apresentação cantada de um livro cantante", recheada de surpresas. Logo após a apresentação, marcada para as 10h30 e que tem entrada livre, Rachel dirige uma oficina de ilustração, pensada para crianças a partir dos 6 anos.


Uma semana depois, a 23 de Fevereiro, Ana Biscaia visita a obra de um dos grandes clássicos da literatura para os mais novos, Charles Perrault (1628-1703), autor de obras como "O Barba Azul", "O Gato das Botas", "A Bela Adormecida" ou "O Polegarzinho", entre outras. Os participantes vão ouvir as histórias e serão convidados a desenhar a partir delas, construindo um livro colectivo.


Ambas as oficinas de ilustração têm o custo de 15 Euros e a lotação limitada, pelo que se aconselha a inscrição prévia, através dos contactos habituais.

ÓPERA DE MOZART E CINEMA DA GUINÉ-BISSAU
A programação de Fevereiro do TCSB inclui ainda o espectáculo de teatro musical "Bastien & Bastienne", de Mozart, que assinala a primeira apresentação neste Teatro da Amazing Arts - Companhia de Artes de Coimbra, e o arranque do ciclo de cinema "Guiné-Bissau, 46", uma iniciativa da Organização dos Estudantes da Guiné-Bissau em Coimbra e do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, através do projecto "(De)Othering". As duas primeiras sessões deste ciclo, que terá continuidade nos próximos meses, estão marcadas para 5 e 12 de Fevereiro (terças-feiras, 21h30), com os filmes "Mortu Nega", de Flora Gomes, e "A Batalha de Tabatô", de João Viana. O objectivo, adiantam os organizadores, é "contribuir para pluralizar as representações do país através do cinema guineense e sobre a Guiné-Bissau". Todas as sessões têm entrada livre e são seguidas de debate com o público.

OFICINAS DE MOVIMENTO E CLUBE DE LEITURA TEATRAL
Prosseguem também as iniciativas regulares a que o público do TCSB já se habituou: as oficinas de movimento dirigidas por Matilde Javier Ciria todas as terças-feiras e o Clube de Leitura Teatral, que este mês acontecerá no Teatro Académico de Gil Vicente (5 de Fevereiro, 18h30) e é dedicado ao texto "O Deserto de Medeia", da dramaturga Marta Freitas, que coordenará a sessão.

VENEZUELA: QUE CAMINHOS?
Na última semana de Fevereiro, o espaço do Bar/Livraria do Teatro acolhe o debate "Venezuela: que caminhos?", organizado pelo Colectivo de Solidariedade Internacionalista. Terá lugar no dia 25, pelas 21h30, com entrada livre, e conta com a participação de Pedro Filipe Soares e Sergio Papia e a moderação de Marcela Uchoa.

Teatro da Cerca de São Bernardo

 


Loading. Please wait...

Fotos popular