Pravda.ru

Sociedade » Cultura

O Fort Orange

02.12.2010
 

Também conhecido como Forte de Santa Cruz, está situado na entrada sul do canal de Santa Cruz, na Ilha de Itamaracá.


Teve a sua construção em taipa de pilão iniciada pelos holandeses em 1631, após a invasão da Ilha, segundo projeto do engenheiro Pieter Van Bueren. Foi denominado Forte Orange em homenagem à Casa de Orange, cujo príncipe Frederico Henrique de Orange era tio de Maurício de Nassau.


De início, era uma pequena fortaleza que posteriormente foi ampliada. A sua função era defender a barra de São Marcos, que dava passagem ao antigo Porto de Pernambuco, e a Vila da Conceição, sede da Capitania de Itamaracá.


Com o término da ocupação holandesa, em 1654, passou para as mãos dos portugueses, sendo ocupado por um corpo de tropa comandado pelo mestre de campo Francisco de Figueiroa.


Em 1696, foi reconstruído em pedra pelos lusos, cumprindo as determinações de uma carta régia.


Foi reformado em 1777, por ordem do governador José César de Menezes, e ocupado em 1817, pelo padre Tenório, durante a Revolução Pernambucana.


Em 1938, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural (Iphan). A partir da década de 70 o presidiário José Amaro participou, juntamente com outros presidiários, dos trabalhos de restauração do Forte. Após o cumprimento da sua pena, ocupou o monumento histórico e tomou para si a responsabilidade de conservá-lo.


Em 1971, foi parcialmente escavado pela equipe do Laboratório de Arqueologia da Universidade Federal de Pernambuco, sendo descobertos a cozinha, a capela, os alojamentos e os paióis. Também foram resgatados das escavações alguns esqueletos, munições, canhões e objetos de uso pessoal dos holandeses.


Em 1973, foi parcialmente restaurado pelo Iphan. Desde 1998 é administrado pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento (Fade) da UFPE.


Em 2000, o Laboratório de Arquelogia da UFPE elaborou em conjunto com a Mowic Fundation o Projeto Forte Orange, que tem como objetivo o resgate de uma herança comum entre o Brasil e a Holanda.

Clóvis Campêlo
Recife, 2008

 


Loading. Please wait...

Fotos popular