Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Novo espectáculo d'a escola da noite, cinema e debates

02.05.2018
 
Novo espectáculo d'a escola da noite, cinema e debates. 28694.jpeg

Novo espectáculo d'a escola da noite, cinema e debates

Ainda sem saber se pode contar com financiamento do Estado para desenvolver o seu trabalho em 2018, A Escola da Noite estreia a 17 de Maio, no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, a sua 66.ª produção: "Cinzas...", de Harold Pinter, com encenação de Rogério de Carvalho. A programação mensal do Teatro abre com a extensão do festival de cinema Desobedoc, inclui mais quatro Sábados para a Infância e encerra com um debate organizado pelo Le Monde Diplomatique - edição portuguesa: "A Cultura é um incómodo?"

DESOBEDOC
Pelo segundo ano consecutivo, A Escola da Noite acolhe no TCSB a extensão a Coimbra do festival de cinema Desobedoc, organizado pelo Bloco de Esquerda. Para esta sala estão agendadas três sessões: a ante-estreia do novo trabalho de Susana Sousa Dias - "Luz Obscura" (4 de Maio, Sexta-feira, 21h30); uma sessão especial para os mais novos - "Zero em Comportamento", de Jean Vigo (5 de Maio, Sábado, 11h30); e uma sessão com duas curtas-metragens - "O Caso J.", de José Filipe Costa, e o documentário brasileiro "Babás", de Consuelo Lins (5 de Maio, Sábado, 21h30). Todas as projecções têm entrada gratuita e nas sessões da noite há debate após os filmes, com a presença dos dois realizadores portugueses - Susana Sousa Dias e José Filipe Costa.
Para além da ante-estreia de "Luz Obscura", a organização do Festival destaca nesta extensão a Coimbra - que se estende ainda ao Bar Liquidâmbar, onde a 7 de Maio, às 21h30, será exibido "No Intenso Agora", de João Moreira Salles - mais dois "pontos altos da programação de 2018: os 50 anos do Maio de 68 e um novo abraço solidário ao povo brasileiro".

SÁBADOS PARA A INFÂNCIA
Nos já imprescindíveis "Sábados para a Infância no TCSB" destaca-se em Maio, para além da sessão de cinema associada ao Festival Desobedoc (5 de Maio), a oficina de ilustração dirigida por Ana Biscaia. A autora do livro "Que luz estarias a ler?" volta a trabalhar sobre a situação do povo palestiniano e propõe a actividade "O meu sketch book é a Palestina (aprendo sobre a Palestina desenhando sobre ela)". Destinada a crianças a partir dos 6 anos, a oficina terá lugar a 12 de Maio, entre as 10h30 e as 13h00, com inscrições a 10 Euros por criança.
A 19 de Maio, Cláudia Sousa volta a abrir a sua mala das histórias para uma nova sessão de "Flores de Livro" (crianças a partir dos 2 anos). No último Sábado do mês a actriz Maria João Robalo vai "Brincar ao Teatro" com crianças entre os 6 e os 10 anos, percorrendo os cantos mais escondidos do TCSB e propondo pequenos jogos dramáticos e outras experiências com máscaras, figurinos, adereços e objectos cénicos. As inscrições, que podem ser feitas pelos contactos habituais do Teatro, custam 10 Euros por criança.

CLUBE DE LEITURA TEATRAL
Na habitual sessão do Clube de Leitura Teatral, iniciativa co-organizada com o Teatro Académico de Gil Vicente, prossegue o ciclo dedicado à dramaturgia portuguesa contemporânea. Miguel Castro Caldas - escritor, professor de dramaturgia, tradutor, intérprete e encenador - é o convidado do mês e dirigirá a leitura de uma das suas peças. A sessão terá lugar no TCSB no dia 15 de Maio, pelas 18h30. Tanto a participação como leitor/a como a assistência à leitura pública são gratuitas, solicitando-se apenas a inscrição prévia, através do e-mail do Clube: clube.leitura.teatral@gmail.com.

CINZAS...
A 17 de Maio estreia a nova criação d'A Escola da Noite, que pela primeira vez visita o universo do dramaturgo inglês Harold Pinter (1930-2008, distinguido com o Prémio Nobel da Literatura em 2005). Com encenação de Rogério de Carvalho, o espectáculo junta quatro peças curtas do autor britânico - "A Black & White", "Língua da Montanha", "A Nova Ordem Mundial" e "Cinza às Cinzas" - e conta com as interpretações de Igor Lebreaud, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Ricardo Kalash e Sofia Lobo, o espaço cénico, figurinos e adereços de Ana Rosa Assunção e o desenho de luz de Jorge Ribeiro.
As quatro peças, escritas em momentos distintos da carreira do dramaturgo, mostram-nos personagens confrontadas com diferentes formas de opressão e violência - refinada ou brutal; íntima, social ou de Estado; física ou psicológica. Sem referências explícitas a tempos e lugares e assentes nos notáveis diálogos que marcam a obra de Pinter, os quatro textos seleccionados visitam cenários de pobreza, de tortura, de humilhações, de desamparo dos mais fracos perante várias formas de agressão com as quais todas as sociedades convivem.
O espectáculo estará em cena no TCSB entre 17 de Maio e 10 de Junho, de quarta a domingo, e já é possível reservar bilhetes.

A CULTURA É UM INCÓMODO?
A 29 de Maio, o jornal Le Monde Diplomatique - edição portuguesa organiza no TCSB o debate "A Cultura é um incómodo? Artes, política e serviço público". Ainda sob os efeitos das declarações proferidas pela Directora Regional da Cultura do Centro no início de Março e - sobretudo - da forma como foram conduzidos pelo Governo os recentes concursos de apoio às artes, o jornal convidou a jornalista Cláudia Galhós, o encenador e professor universitário João Maria André e os produtores Pedro Rodrigues e Tânia Guerreiro para reflectirem sobre a actual situação das artes em Portugal, nomeadamente no que diz respeito ao lugar que estas ocupam (ou deviam ocupar) entre as preocupações e as políticas públicas.
O debate será moderado pelo economista João Rodrigues, membro do Conselho Editorial do jornal, e tem entrada e participação livres.

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo

Programação de Maio de 2018

 

Pedro Rodrigues
A Escola da Noite - Grupo de Teatro de Coimbra
Teatro da Cerca de São Bernardo
3000-097 COIMBRA . Portugal
+ 351 239 718 238 / + 351 917 667 808

 


Loading. Please wait...

Fotos popular