Pravda.ru

Sociedade

EUA e Rússia oferecem uma caminhada espacial inesquecível

24.07.2006
 
EUA e Rússia oferecem uma caminhada espacial inesquecível

A empresa Space Adventures, que já realizou viagens de turismo à Estação Espacial Internacional (ISS) cobrando US$ 20 milhões de cada cliente, acaba de incrementar seu pacote: por US$ 15 milhões adicionais, o turista poderá fazer uma caminhada espacial - passear do lado de fora da estação - com duração de 1h30min. A empresa mantém uma parceria com o programa espacial russo e já levou três turistas ao espaço, todos a bordo de naves russos Soyuz: Dennis Tito, em 2001; Mark Shuttleworth, em 2002; e Greg Olsen, em 2005. O japonês Daisuke Enomoto realiza treinamento para embarcar ainda neste ano.

A duração atual das viagens turísticas à ISS é de 10 dias, e a passagem de US$ 20 milhões inclui seis meses de treinamento antes do vôo. O treinamento para o vôo ocorre no Centro de Treinamento Cosmonauta Yuri Gagarin, na Cidade das Estrelas, na Rússia. Treinamento inclui simulações debaixo d'água, aprendizado de como usar a roupa espacial. A opção de caminhada espacial prolongará a estadia do turista na ISS por um período de seis a oito dias, de acordo com a Space Adventures.

Alexei Krasnov, diretor do departamento de vôos tripulados da Agência Espacial Federal Russa, disse que a decisão de levar turistas para a caminhada fora da EEI foi tomada depois de "análise cuidadosa".

Além do treinamento, Krasnov disse que potenciais candidatos têm que atender a exigências "físicas e psicológicas" antes de considerados aptos para uma caminhada espacial. Mas, mesmo após serem atendidos tais critérios e do pagamento adiantado, não há garantia de que o candidato a turista espacial ponha o pé fora da EEI.

"Nós não vamos fazer isso se houver perigo para a tripulação ou a pessoa a realizar a caminhada", afirmou Anderson.

Eric Anderson, presidente da Space Adventures, disse que já tem "potenciais clientes" para as caminhadas espaciais. Aqueles com dinheiro suficiente para o passeio poderão "ficar dando um tempo" do lado de fora da estação com um cosmonauta profissional como guia, disse Anderson.

"Uma hora e meia em uma órbita completa da Terra para que eles vejam o planeta inteiro", disse Anderson. "Eles experimentariam dia e noite e veriam o planeta em sua beleza e esplendor."

A empresa Space Adventures planeja, em 2009, lançar o primeiro vôo comercial em volta da Lua. O custo está estimado em US$ 100 milhões, comunicou BBC Brasil.


Loading. Please wait...

Fotos popular