Pravda.ru

Sociedade

Beilorússua exige a devolução da menina escondida na Itália

21.09.2006
 
Beilorússua exige a devolução da menina escondida na Itália

 “Bielorússia fica nas mesmas  posições e exige  devolver a menina bielorussa, detida na Itália  ”, declarou hoje o representante do ministério dos Negócios Estrangeiros, Andrey Popov,numa conferência de imprensa em Minsk, informa  a agência Belta.

Uma menina bielorrussa de dez anos está a causar uma disputa diplomática de  entre a Itália e a Bielorrússia, depois de a família italiana com quem ela passou o Verão ter recusado devolvé-la ao seu país, alegando que ela era vítima de maus tratos num  orfanato onde permanecia.

 A menina, Viktória Moroz, passou os últimos Verões com uma família de Génova, no âmbito de um programa para crianças afectadas pelo desastre de Chernobyl.

Desta vez, no entanto, a família italiana pegou em Victória e levou-a para local incerto, recusando-se a devolvé-la ao orfanato , afirmando que ela era ali vítima de abusos, e que terá mesmo tentado suicidar-se.

  O MNE da Bielorrússia rejeitou as acusações e exigiu a “devolução imediata” da criança. Um tribunal da Génova , após o julgamento, decidiu devolver a criança a Bielorúsisa. Mas a sua procura não deu o resultado.

” A Bielorússia  trata do problema  excepcionalmente  no plano jurídico e  consular e , tendo em conta, a Itália ser um estado jurídico, Bielorússia espera  que ela cumpra a decisão do tribunal italiano e devolva a menina ao país ”, disse Popov.  Popov destacou que até hoje não tem a informação autêntica sobre o estado de saude  da menina .

Pravda.ru com belta.by


Loading. Please wait...

Fotos popular