Pravda.ru

Ciência

TV digital revoluciona transmissões e mantém serviço analógico até 2016

31.10.2007
 
TV digital revoluciona transmissões e mantém serviço analógico até 2016

O início oficial das transmissões da TV digital no Brasil está marcado para o dia 2 de dezembro, mas a expansão será gradativa. Nesta data, a região metropolitana do estado de São Paulo começará a operar o sinal digital, comercialmente. Até dezembro de 2009, todas as capitais do país terão canais digitais e, até dezembro de 2013, a tecnologia chegará a todos os municípios.

O cronograma foi estabelecido pelo decreto nº 5.820, de 29 de junho de 2006. A partir de julho de 2013, o Ministério das Comunicações somente outorgará a exploração do serviço em tecnologia digital. O sistema analógico será desativado em junho de 2016.


Até lá, é possível continuar com o televisor atual, já que a transmissão analógica ocorrerá simultaneamente à digital. Portanto, as famílias brasileiras têm nove anos para trocar seus aparelhos, período em que eles funcionarão sem problemas, mesmo sem o conversor digital. E se o aparelho não for muito antigo (tiver entrada de áudio e vídeo), ele será capaz adaptar um conversor (set top box) para receber o sinal digital.


Os conversores poderão ser comprados no comércio em geral e o governo trabalha para que o preço seja o mais baixo possível, principalmente porque ele continuará recebendo o sinal analógico.


Resolução


A nova tecnologia viabilizará a televisão de alta definição (HDTV), onde a resolução poderá ser de até 1.920 X 1.080 pixels (na tecnologia atual a resolução equivale a 400 X 400 pixels). Isto significa uma imagem igual à de cinema. Inicialmente, as emissoras poderão oferecer, dentre os inúmeros recursos interativos, informações complementares ao telespectador, como, por exemplo, a sinopse de um filme, mais dados sobre um determinado entrevistado, ouvir a trilha sonora de uma novela ou, até mesmo, escolher o idioma para assistir a determinado programa. Cada emissora está preparando o seu pacote.


Ainda não é possível responder se a interatividade será gratuita, mas certamente haverá serviços sem ônus, mesmo porque a nova tecnologia tende a oferecer inúmeras opções e a se desenvolver continuamente. Por isso, os recursos os disponíveis serão renovados a todo instante. A concorrência, assim como acontece com a telefonia celular, garantirá muitas possibilidades para cada emissora, inclusive para aqueles serviços prestados gratuitamente.


Dentre os serviços públicos que a tecnologia da TV digital pode proporcionar, o governo pretende oferecer, por meio da interatividade, programas de Educação a distância, Telemedicina e inclusão digital, além de outros mais simples que já são prestados na internet, como o envio da declaração do imposto de renda, por exemplo. No futuro, será inevitável que a ampliação dos serviços da TV Digital caminhe em direção à conexão da internet, telefonia, conferência e compra direta online no momento da propaganda.


Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República


Loading. Please wait...

Fotos popular