Pravda.ru

Ciência

Hospital comemora 100 anos com evento online

30.05.2020
 
Hospital comemora 100 anos com evento online. 33316.jpeg

Hospital comemora 100 anos com evento online

 

Instituto Penido Burnier divulga no evento sete estudos sobre doenças nos olhos. Saiba como a covid-19 pode afetar a visão

  

O Instituto Penido Burnier, primeiro hospital oftalmológico do Hemisfério Sul que já atendeu 1,6 milhão pacientes desde sua fundação por João Penido Burnier em 1920, completa 100 anos na próxima segunda-feira, 1º  de junho. Segundo o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, presidente do hospital, por falta de alternativa diante da pandemia de covid-19, o aniversário vai ser comemorado com um webinar que acontece a partir das 20 horas de 1º de junho. O evento online abrange as principais subespecialidades da Oftalmologia em sete estudos de casos desenvolvidos pela equipe médica do hospital. A inciativa conta com a chancela de duas entidades internacionais: Associação Pan-Americana de Oftalmologia (PAAO) e Conselho Internacional de Oftalmologia (ICO). As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas pelo  https://tinyurl.com/y8pnb2z9

 

Covid-19 afeta a visão

Queiroz Neto afirma que a visão é o sentido que mais está sofrendo com o isolamento imposto pela pandemia. Isso porque, além de nem todos os atendimentos poderem ser feitos com precisão através da telemedicina, um levantamento realizado pelo médico com 814 participantes de 25 a 65 anos mostra que 47% só passam por consulta oftalmológica quando têm dificuldade para enxergar.

 

O problema, comenta, é que a maioria das alterações na visão não são percebidas logo no início.  "Doenças oculares crônicas que levam à cegueira irreparável também passam despercebidas.  É por isso que muitos diabéticos já chegam aos consultórios com perda importante da visão por retinopatia diabética e metade dos brasileiros com glaucoma só descobrem a doença em estágio avançado", ressalta.

 

O pior é que diversos estudos realizados desde o anúncio da pandemia pela OMS (Organização Mundial da Saúde), mostram que a Covid-19 não afeta só o sistema respiratório. Tem efeitos sistêmicos, entre eles distúrbios neurológicos e formação de trombos na corrente sanguínea. Nos dois casos o oftalmologista afirma que estudos em andamento apontam riscos para a saúde ocular. Por isso, recomenda manter a periodicidade das consultas. "O Penido Burnier e todas as clínicas especializadas não têm os mesmos riscos de contaminação encontrados em hospitais gerais. "Aqui seguimos rígidos protocolos de higiene e o agendamento das consultas está sendo programado para não gerar aglomerações," salienta.

  

Atualização contra a pandemia

Queiroz Neto ressalta que diante dos novos riscos para a suade ocular nunca foi tão importante manter o intercâmbio científico para que a Oftalmologia garanta atendimento médico eficiente à população", afirma. O combate a epidemias faz parte da história do hospital desde 1930 quando o Penido Burnier se tornou referência pelo pioneirismo do tratamento de duas doenças oculares infecciosas comuns à época: tracoma e cisticercos. Artigos sobre tracoma de João Penido Burnier, e sobre cisticercose de Leôncio Souza Queiroz, avô  do atual presidente do hospital, fazem parte dos primeiras publicações sobre Oftalmologia.  A mais antiga revista científica do país é a a Arquivos do IPB  que hoje soma 61 números, além de 91 fascículos publicados pelo hospital.

 

Programação:

Na abertura, renomados especialistas fazem breve homenagem ao hospital. São eles: Miguel Burnier, professor na McGill University (Canada), Rubens Belfort Júnior, presidente da ANM (Academia Nacional de Medicina), José Luiz Gomes do Amaral presidente da Associação Paulista de Medicina e José Beniz presidente CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia).

Os estudos de casos abordam:

  • Ultrassonografia e oncologia ocular
  • Úvea e retina
  • Glaucoma
  • Córnea
  • Plástica e órbita
  • Estrabismo e oftalmopediatria
  • Neuroftalmologia e doenças sistêmicas

 

Eutrópia Turazzi

LDC Comunicação

 


Fotos popular