Pravda.ru

Ciência

Água em excesso pode tornar-se veneno mortal para o ser humano

28.07.2008
 
Água em excesso pode tornar-se veneno mortal para o ser humano

Nem médicos nem nutricionistas sabem por que o público em geral acredita que o ser humano deveria beber não menos de dois litros de água por dia. Sabem, porém, quais são as consequências a que a abundância de água no corpo pode levar.

Jennifer Strange, de 28 anos, residente na Califórnia, feliz mãe de três, ganhou uma competição no rádio que envolvia beber grande quantidade de água sem urinar. Ela ganhou um consolo de jogo Nintendo Wii. A vencedora não teve oportunidade de divertir-se com seu prêmio: ao voltar para casa, teve forte dor de cabeça e espasmos intestinais. A mãe dela achou Jennifer morta na casa dela.

Dois marines dos Estados Unidos morreram de maneira semelhante quando beberam diversos litros de água depois de exaustivos exercícios físicos.

A intoxicação por água foi a causa de morte em ambos os casos acima mencionados. Esse fenômeno é também conhecido como hiper-hidratação, envenenamento pela água ou doença da ingestão de bebida.

"A intoxicação por água pode ocorrer durante consumo excessivo de água doce potável. Nesse caso, a água não passa pelos rins, que são responsáveis pelo equilíbrio fluido-e-eletrólitos, e flui para outros órgãos os quais, por sua vez, começam a inchar. O cérebro experimenta, no caso, a maior dificuldade. O inchamento das células do cérebro causa cólicas, coma, parada respiratória e morte," disse o professor Alexander Karabinenko, da Universidade Médica Russa.

Incidentes de intoxicação por água são muito raros no mundo. Um corpo humano saudável é capaz de filtrar até 1000 mililitros de água por hora. Sintomas de super-hidratação ocorrem mais frequentemente com atletas e com frequentadores habituais de bares e casas noturnas. As mulheres, que preferem suprimir a sensação de fome com água, podem igualmente apresentar tais sintomas. Viciados em drogas também integram a lista dos grupos de risco. As drogas intensificam a sede, e a pessoa pode tomar uma dose letal de água – mais de dois litros em uma hora.

Os dietistas dizem que uma pessoa deveria beber um litro de água por 1000 calorias. De maneira geral, uma pessoa ingere 2000 calorias por dia. Entretanto, elas ingerem cerca de um litro de água com a comida – sopa, frutas e verduras, constituídas principalmente de água (até 90 por cento). Há muita água até no pão – mais de 40 por cento. Dois litros adicionais de água só criam condições difíceis para os órgãos humanos.

O excesso de água também dilui os sucos gástricos, que cessam de constituir barreira natural contra infecções intestinais.

O corpo precisa de quantidade excessiva de água em casos de envenenamento, pedras nos rins, infecções urinárias, infecções agudas, e também durante vôos de avião, exercícios físicos intensos e tempo de calor.

Autor do post : Murilo Otávio Rodrigues Paes Leme
morpleme@gmail.com
pwindl@gmail.com


Loading. Please wait...

Fotos popular