Pravda.ru

Ciência

China: Começa tratamento de Coronavirus

26.01.2020
 
China: Começa tratamento de Coronavirus. 32548.jpeg

China usa medicamento contra o HIV no tratamento de coronavírus

 Pequim, 26 de janeiro (Prensa Latina) As autoridades de saúde de Pequim, capital da China, divulgaram hoje o uso de um medicamento contra infecções por HIV / AIDS no tratamento de coronavírus causador de pneumonia, com quase 60 mortos e 2.000 infectados.

De acordo com um breve relatório do Global Times, os líderes da indústria confirmaram que o Lopinavir atualmente é administrado a pacientes na cidade de Wuhan, o epicentro da epidemia, enquanto vários comentários na internet dizem que é eficaz.

Além desse medicamento, aprendeu-se que a cidade receberá em breve 81 conjuntos de equipamentos oxigenadores por membrana extracorpórea, conhecidos popularmente como 'pulmões artificiais', depois que um de seus pacientes mais graves foi curado quando o conectou a esses dispositivos.

A China conta com possíveis meios para a emergência derivada do coronavírus 2019-nCoV, pois é novo, pode sofrer mutações, ser transmitido de pessoa para pessoa através do trato respiratório e é quase idêntico ao patógeno que causou a síndrome respiratória aguda grave letal de 2003.

Juntos, cientistas nacionais e norte-americanos trabalham na busca de uma vacina contra o mal, mas alertam que pode levar vários meses.

O agravamento da situação epidemiológica obrigou a decretar a emergência máxima em 30 das 34 regiões administrativas do país e agora elas enfrentam a maior prioridade ao classificá-la como uma séria ameaça à saúde pública.

A alfândega começou a exigir uma declaração de saúde nos pontos de fronteira, o governo deixará de vender amanhã as viagens domésticas e estrangeiras, enquanto Pequim e o município vizinho de Tianjin interromperam as rotas interprovinciais.

Internacionalmente, há pelo menos 28 casos detectados na Tailândia, Japão, Coréia do Sul, Estados Unidos, França, Vietnã, Cingapura, Malásia e Nepal, entre cidadãos chineses que residiram recentemente ou visitaram Wuhan.

O Canadá também denunciou um suspeito da capital de Hubei.

Algumas horas atrás, o presidente Xi Jinping ordenou um trabalho mais forte na luta para conter a epidemia e a definiu como a tarefa mais premente da China, onde a preservação da vida humana é a principal prioridade.

Ele instruiu os líderes do governo e do Partido Comunista da China a permanecerem em seus empregos, a fim de garantir estabilidade e tranquilidade social durante as férias do Ano Novo Lunar.

O Partido mobilizará grupos de líderes em direção a Hubei para monitorar, orientar e tomar as decisões relevantes à medida que a epidemia evolui.

O presidente Xi Jinping enfatizou a importância de fornecer informações transparentes, constantes e imediatas sobre o surto, exigiu o envio de mais suprimentos e pessoal médico de toda a China para Wuhan e a organização científica de operações de controle e prevenção epidemiológica.

oda / ymr / cvl

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=28811&SEO=china-usa-medicamento-contra-o-hiv-no-tratamento-de-coronavirus

 


Fotos popular