Pravda.ru

Ciência

Estudo responsabiliza ONU por epidemia de cólera no Haiti

25.10.2012
 
Estudo responsabiliza ONU por epidemia de cólera no Haiti. 17454.jpeg

Sul 21

Um estudo realizado no Haiti revelou uma alta possibilidade de que a epidemia de cólera que afeta o país caribenho há dois anos e que matou mais de sete mil pessoas foi introduzida em Porto Príncipe por soldados do Nepal membros da Missão das Nações Unidas para Estabilização (Minustah).

"Agora sabemos que o vírus da cólera no Haiti é uma cópia exata do vírus da cólera do Nepal", afirmou a investigação da americana Daniele Lantagne, encarregada pela ONU de descobrir a origem da doença.

A cientista fundamentou sua afirmação através da análise da sequência completa do genoma do vírus da coléra presente no país caribenho. "A fonte mais provável da introdução da coléra é uma pessoa infectada pelo vírus do Nepal, associada à Missão da ONU em Mirebalais", explicou.

A investigação complementa o estudo divulgado em junho de 2011 pelo cientista francês Renaud Piarroux, que assegurou que a enfermidade foi reintroduzida no Haiti por membros da missão das Nações Unidas.

O estudo de Piarroux apontou que o contingente nepalês da Minustah contaminou, através de material fecal, um dos afluentes do rio Aribonite, na região da cidade de Mirebalais. O país asiático, no entanto, negou a acusação.

 Os familiares das vítimas haitianas, amparados por advogados conterrâneos e americanos, pedem indenização de US$ 100 mil para cada morto e US$ 50 mil para os afetados pela doença.

Cinco por cento da população foi afetada

Segundo dados oficiais, desde outubro de 2010, quando a cólera apareceu no Haiti, até 11 de agosto de 2012, 7.519 haitianos morreram devido a doença. Aproximamente cinco por cento da população do país - 587.319 pessoas - foi contaminada.

Dos 10 milhões de habitantes do Haiti, apenas dois por cento têm acesso à àgua potável. A maior parte da população faz suas necessidades fisiológicas em locais descobertos, como rios próximos de suas moradias.

A cólera é provocara pela bactéria "vibrio cholerae" e se manifesta como uma infecção intestinal, mas não provoca morte se tratada à tempo.

(Com informações de La Radio Del Sur)

http://www.iranews.com.br/noticias.php?codnoticia=8999


Loading. Please wait...

Fotos popular