Pravda.ru

Ciência

Clarividente búlgara sabe de onde vem a doença

25.09.2007
 
Clarividente búlgara sabe de onde vem a doença

Ninguém é capaz de explicar os fenomenais poderes da vidente búlgara Vanga Dimitrova, que morrreu em 1996, aos 90 anos. 

 A profeta, que era cega e tinha "visões" desde os 12 anos, previu a morte de Joseph Stalin, o que lhe valeu a prisão durante algum tempo, o desastre de Chernobyl, o esfacelamento da União Soviética, a vitória de Boris Yetilsin, o acidente com o submarino Kursh. Famosa, cerca de 100 mil pessoas por ano, provenientes dos mais diversos países, procuravam a clarevidente em busca de ajuda.

 Vanga, sem desmentir a medicina oficial, durante a sua actividade médica orientou-se no facto de que, cada organismo é tipicamente individual e necessita dum cuidado individual. Assim ela elaborou um conjunto de recomendações medicinal e ambulatório profiláctico. Aqui estão algumas delas.

- A diabete as pessoas contraem devido a uma forte stress, susto ou vivência aborrecida.

- A úlcera do estômago por mastigar mal os alimentos quentes.

- A asma é contraida devido aos líquidos frios que, as pessoas tomam quando sentem fatigados.

- A mastite nas mulheres – resulta do uso de roupas estreitas como a roupa de cama, a roupa íntima ou lingerie.

- A tumor aparece por causa de trauma, além do mais, podem não revelar-se logo, mas consideravelmente mais tarde.

- O rim frequentemente fica doente por esfriamento excessivo.

- A infecundidade, como regra, é consequencia duma vida sexual muito cedo, e o medo de engravidar, o uso de roupas muito apertadas, e preocupações. Quase todos estes motivos provocam a infecundidade do homem.

- No verão é preciso andar de pés descalços. Que as crianças apanhem arranhaduras, para que a imunidade contra todas as doenças, de tempos frios durante o ano se desemvolvam. O alimento deve ser, sobretudo liquido.

-Antes de comer beba 20 ou 30 gramas de vinho de vodka para a desinfecção.

Da versão russa Pravda.Ru

Dério Nunes


Loading. Please wait...

Fotos popular