Pravda.ru

Ciência

Microsoft ofereceu dinheiro para internauta por corrigir Wikipedia

25.01.2007
 
Microsoft ofereceu dinheiro para internauta por corrigir Wikipedia

 Microsoft ofereceu dinheiro a um usuário para que ele modificasse artigos técnicos no site  de Wikipedia, enciclopédia livre feita pelos internautas.  O internauta chegou a negociar com a gigante dos softwares,  mas o acordo não foi fechado.

Segundo a agência de notícias Associated Press, a empresa reconheceu ter procurado um usuário e oferecido pagamento para que ele corrigisse imperfeições nos artigos da Wikipedia sobre os padrões de documento de código aberto -- esse formato adotado pelo sistema operacional Linux é rival da Microsoft.

"Nós ficamos decepcionados ao ouvir que a Microsoft estava pensando nessa abordagem", disse Jimmy Wales, fundador da Wikipedia. A porta-voz da Microsoft, Catherine Brooker, acredita que os artigos foram escritos principalmente por funcionários da IBM, empresa que apóia o padrão de código aberto. A IBM não comentou o assunto.

Brooker disse achar que não obteria resultados caso tentasse mostrar os erros para os editores da enciclopédia. Deste modo, a empresa pensou em um especialista independente que pudesse determinar o local em que as mudanças eram necessárias, para depois realizá-las.

 Segundo ela, a empresa acredita que ter uma fonte independente pode ser a chave para concretizar as mudanças -- ou seja, não tê-las rejeitadas pelos outros escritores do site.

O autor contratado, Rick Jelliffe, diretor de tecnologia de uma companhia de computação baseada na Austrália, especialista em linguagem informática, explica numa mensagem de segunda-feira ter recebido «um e-mail da Microsoft, que dizia que a empresa procurava alguém independente mas amigável, para fornecer informações mais equilibradas (. . .) na Wikipedia sobre o ODF e o OOXML» (dois formatos de ficheiros concorrentes: o ODF é um formato aberto, e o OOXML, ou Office Open XML, é desenvolvido pela Microsoft).

«Aparentemente, estão enervados com a quantidade de informação militante feita por partidários do ODF na Wikipédia e em blogs"», afirma o informático, que acrescenta «estar a pensar aceitar».

Jelliffe explicou não ser nem a favor nem contra a Microsoft e afirmou ter detectado alguns erros nos artigos, acrescentando ainda que não suporta comunicação oblíqua.

«A Microsoft não me está a contratar para fornecer uma informação oblíqua a seu favor mas sim para corrigir os erros que eu eventualmente venha a detectar», afirmou o informático.

Porém, confirmou que provavelmente aceitaria a oferta por considerar importante ter certeza de que os processos dos padrões técnicos estão bem explicados.

A porta-voz da Microsoft afirmou que as partes envolvidas no negócio não tinham determinado um preço e que "dinheiro não trocou de mãos". No entanto, afirmou Broker, eles combinaram que a companhia não leria a correção do artigo antes de o texto entrar no ar.

 
Wales criticou a abordagem da Microsoft, afirmando que a empresa poderia ter escrito sobre o assunto em um site externo e adicioná-lo nos fóruns de discussão da Wikipedia. "Deste modo, me parece muito melhor, transparente e mais correto", disse.


Loading. Please wait...

Fotos popular