Pravda.ru

Ciência

Brasil e Argentina querem estreitar cooperação na área de CT&I

24.01.2008
 
Brasil e Argentina querem estreitar cooperação na área de CT&I

Brasil e Argentina desenvolvem, já há alguns anos, diversos projetos em ciência, tecnologia e inovação (CT&I), mas os dois países entendem existir muito espaço a ocupar e níveis mais altos de eficiência a conquistar.


Foi com esta visão que a delegação composta pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) esteve na semana passada em Buenos Aires para participar do encontro preparatório da 4ª Reunião do Conselho Gestor de Alto Nível do Programa de Cooperação entre Brasil e Argentina em CT&I, a realizar-se em 6 e 7 de março próximo, no Rio de Janeiro (RJ).


Nos dois dias de visita, brasileiros e argentinos se reunirão por cinco vezes para tratar de diversos temas. Da pauta de trabalho constaram, por exemplo, a situação atual dos vários projetos de cooperação bilaterais e multilaterais em andamento e a urgente necessidade de se criar um instrumento binacional, ágil e eficiente, para financiar projetos de CT&I. Para esse item decidiu-se estudar um projeto a respeito, capaz de produzir um salto qualitativo não só nas relações entre os dois países, como também no próprio processo de integração do Mercosul.


Debateu-se também a criação de uma Plataforma de Biotecnologia com o apoio da União Européia, cuidando de identificar e resolver os problemas capazes de dificultar esta tarefa estratégica para os dois países. Num dos encontros tratou-se dos preparativos do IV Encontro Ciência, Tecnologia e Sociedade, marcado para setembro próximo, em Porto Alegre.


Outro tópico em questão foi a elaboração de projeto de criação do Centro Regional de Estudos de Política e Direito Espacial, programa de cooperação bilateral com objetivos multilaterais, procurando mobilizar e beneficiar sobretudo países da América do Sul. O projeto deve ser apresentado no próximo encontro, em março no Rio de Janeiro.


Integraram a delegação nacional o jornalista José Monserrat, chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do MCT, o vice-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Otávio Velho, o biofísico Jerson Lima da Silva, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), e Ennio Candotti, ex-presidente da SBPC


Ubirajara Jr - Assessoria de Imprensa do MCT


Loading. Please wait...

Fotos popular