Pravda.ru

Ciência

Bolívia cria rede de universidades indígenas

23.03.2009
 
Bolívia cria rede de universidades indígenas

De acordo com o servidor público, em cumprimento do decreto do presidente Evo Morales de agosto último, foram preparados os conteúdos da cada centro de estudos superiores.

O ato inaugural desse sistema, precisou, terá por palco a localidade de Chimoré, na região central de Cochabamba.

Assim mesmo assinalou que neste domingo, no município sudeste de Camiri, se cumprirá com a avaliação aos postulantes a docentes da Universidade Guaraní e de Terras Baixas.

UNIBOL estenderá títulos de licenciatura a quem vençam no quinto ano e de técnicos superiores aos que aprovem o quarto curso, explicou Camargo.

Na passada semana em uma visita oficial a La Paz, o chanceler de Paraguai, Alejandro Hamed, ratificou que seu governo colaborará com a Bolívia na criação de uma universidade guaraní, para o que formarão um grupo de trabalho específico.

Hamed explicou que a iniciativa tem um grande valor porque representa a vontade popular de ir ao resgate das raízes culturais e históricas dos povos.

Em agosto de 2008, o presidente Morais decretou a criação de três universidades indígenas que darão suas classes nos idiomas aimara, quechua e guaraní.

As três instituições se chamarão Universidade Indígena de Bolívia (UNIBOL) e a que dará aula em guaraní terá sua sede em uma população rural do departamento de Chuquisaca, na região do Chaco boliviano (sul), fronteiriço com território paraguaio.

Texto: Prensa Latina


Loading. Please wait...

Fotos popular