Pravda.ru

Ciência

Alimentação mais saudável para os brasileiros

22.12.2007
 
Alimentação mais saudável para os brasileiros

Em 2007, o Ministério da Saúde aplicou R$ 47 milhões para promover a alimentação saudável, vigilância nutricional e controlar as deficiências nutricionais e doenças associadas à má alimentação.

Três milhões de crianças e um milhão de gestantes receberam sulfato ferroso; 4,5 milhões de crianças e 600 mil mães do Nordeste e de Minas Gerais ganharam megadoses de vitamina A e 4,4 milhões de famílias do Programa Bolsa Família foram acompanhadas pelo Ministério da Saúde. O Programa de Suplementação de Vitamina A é voltado para todos os municípios do Nordeste brasileiro e para os municípios do Vale Jequitinhonha, em Minas.

Para 2008, a estimativa é de que o Programa investirá R$ 126 milhões, sendo R$ 53 milhões do Plano Plurianual (PPA), para promover as ações programadas. As metas são: ampliar a cobertura do Sistema de Gestão Federal/Estadual da Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan) para todas as crianças e para 40% da população acima de 20 anos; garantir sulfato ferroso para 3,5 milhões de crianças menores de dois anos e 1,5 milhão de gestantes; e suplementação de vitamina A para 5,8 milhões de crianças e 1,8 milhão de puérperas.

O governo também pretende organizar a linha de cuidado aos portadores de obesidade e implantar as ações de educação alimentar e nutricional em 20% dos municípios.
Entre os temas que serão prioritários para o próximo ano, estão a vigilância nutricional de escolares, por meio do Programa Saúde na escola, e a promoção da alimentação saudável com ênfase na organização destas ações na estratégia da saúde da família.

Consumo alimentar

Após 30 anos da realização do Estudo Nacional de Despesas Familiar (Endef), será feita uma avaliação do consumo alimentar do brasileiro, módulo a ser executado junto à Pesquisa de Orçamento Familiar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além desta avaliação de grande importância para as ações de nutrição e promoção da alimentação saudável, haverá a realização da Pesquisa Nacional para Avaliação do Impacto da lodação do Sal – PNAISAl, e a implantação dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família, que permitirão aprimorar as ações de alimentação e nutrição na Atenção Básica.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República


Loading. Please wait...

Fotos popular