Pravda.ru

Ciência

"Cara de Marte" tem o aspecto de cara humana

22.09.2006
 
"Cara de Marte" tem o aspecto de cara humana

Trinta anos depois da NASA ter publicado as primeiras imagens da «Cara de Marte», a Agência Espacial Europeia (ESA) acaba de divulgar fotografias com detalhe sem precedentes dessa misteriosa região do «planeta vermelho».

 
A alta resolução das imagens agora obtidas pela sonda Mars Express da região de Cydonia, onde se encontra a famosa «Cara de Marte», deverão contribuir para desmistificar especulações surgidas depois da publicação das primeiras fotografias.

A câmara de alta resolução da sonda captou as imagens a 22 de Julho, após várias tentativas falhadas, entre Abril de 2004 e Julho de 2006, devido à presença de pó atmosférico ou brumas que impediam a visibilidade.

Trata-se de uma formação rochosa situada no centro de Cydonia, uma planície entrecortada de mesetas fotografada pela primeira vez em 25 de Julho de 1976. Essas imagens, do que parece um rosto humano, deram então azo a teorias e especulações.

Na altura, a Viking 1 da NASA fotografou a região de Cydonia para procurar um local de aterragem para a sua sucessora, a Viking 2.

No comunicado em que a NASA deu a conhecer a imagem dizia-se que mostrava uma meseta desgastada pela erosão e que o aspecto de cara humana da grande formação rochosa, com olhos, nariz e boca, resultava dos efeitos de sombra da iluminação solar.

O rosto mede 3 quilómetros de comprimento por 1,5 quilómetros de largura e fica 10 graus a norte do equador marciano.

Muitos pensaram então que a NASA estava a encobrir uma grande descoberta e que se trataria de uma cara esculpida por uma suposta civilização marciana, enquanto outros compararam a região com a célebre Esfinge do planalto de Gisé, no Egipto.

Passados trinta anos, as novas fotografias de Cydonia mostram que «não se trata de uma cara, mas de um montículo submetido à erosão do vento, cuja forma recorda algo de humano, nada mais», segundo o chefe científico da missão Mars Express, Agustín Chicarro.

Além do seu interesse geológico, porque a erosão observada no local se assemelha à que ocorre na Terra, a região já inspirou séries de televisão, como a norte-americana «Ficheiros Secretos», de Chris Cárter, e filmes como «Missão a Marte», de Brian de Palma.

Lusa


Loading. Please wait...

Fotos popular