Pravda.ru

Ciência

Não à insegurança nuclear!

20.09.2007
 
Não à insegurança nuclear!

O maior acidente radiológico do mundo, o do césio-137 em Goiânia, completa 20 anos esta semana e o sofrimento das vítimas continua até hoje. Além de moradores da região, foram atingidos policiais e bombeiros enviados ao local pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Eles estavam sem proteção apropriada e sofreram contaminação. Hoje, lutam contra doenças provocadas pela radioatividade. São 20 anos de descaso do Estado brasileiro.

O maior acidente radiológico do mundo, o do césio-137 em Goiânia, completa 20 anos esta semana e o sofrimento das vítimas continua até hoje. Além de moradores da região, foram atingidos policiais e bombeiros enviados ao local pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Eles estavam sem proteção apropriada e sofreram contaminação. Hoje, lutam contra doenças provocadas pela radioatividade. São 20 anos de descaso do Estado brasileiro.


Desde o acidente, quase nada mudou no controle das atividades nucleares no Brasil. Não vamos deixar o Brasil ser o país da insegurança nuclear!


As falhas estruturais da CNEN foram detalhadas por um grupo de trabalho da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados, no relatório "Fiscalização e Segurança Nuclear", publicado em 2006. E agora o governo Lula quer investir mais R$ 7 bilhões de reais para construir a usina nuclear Angra 3. Essa expansão do Programa Nuclear Brasileiro só tende a agravar os problemas de insegurança nuclear do país.


Vale lembrar também que a energia nuclear é cara e perigosa: o processo para gerar energia elétrica é o mesmo de se fazer uma bomba. Além disso, para cada emprego gerado pela energia nuclear, a tecnologia eólica gera 32 e a solar 1426 postos de trabalho.


Por todos estes motivos, o Greenpeace fechou os portões da sede nacional da CNEN no Rio de Janeiro para prestar solidariedade às vítimas do acidente com o césio-137 e lembrar a sociedade dos perigos da energia nuclear.


Agora é a sua vez de participar: conheça outros motivos para se dizer não à Angra 3 e envie sua mensagem ao presidente Lula exigindo a não construção da usina e o fim do Programa Nuclear Brasileiro.


Junte-se a nós por um Brasil pacífico e renovável!


Fonte: Greenpeace


Loading. Please wait...

Fotos popular